Sergipe

Corpo de transexual é encontrado por guarda-vidas na prainha em Canindé de São Francisco

22/08/2020 11h48
Corpo de transexual é encontrado por guarda-vidas na prainha em Canindé de São Francisco

No final da tarde desta sexta-feira (22), a secretária de turismo do município de Canindé de São Francisco, Raquel Carvalho fez buscas junto com os guarda-vidas, pelo corpo da transexual que estava desaparecido, desde a madrugada da última quinta-feira (20), quando foi assassinada. Segundo a secretária de turismo, o corpo ainda estava submerso e foi encontrado próximo ao local onde o suspeito teria deixado o corpo, próximo ao remanso, conhecido como Buraco do Padre. Ainda segundo Raquel, o sol refletia na água e o local não tinha correnteza na hora, eles conseguiram levar o corpo até a prainha, na Orla em Canindé.

A criminalística foi acionada e o Instituto Médico Legal registrou a chegada do corpo à 1h51 deste sábado (22).  

 

Nesta sexta-feira (21), equipes da Polícia Civil de Canindé de São Francisco prenderam em flagrante Marques José dos Santos, conhecido como Gáspar, 19. Ele é suspeito de matar a transexual Claudinha Leite. O crime ocorreu na madrugada dessa quinta-feira, 20, em Canindé de São Francisco. De acordo com o delegado Fábio Santana, assim que a família comunicou o desaparecimento da vítima foram iniciadas as diligências. A investigação apontou que o principal suspeito seria o companheiro dela. Ele foi localizado e confessou a prática do crime. Em depoimento, Marques, que levou os policiais ao local da ação criminosa, revelou que eles tinham ido até a localidade conhecida como Beira Rio, na motocicleta da vítima. Chegando lá, por conta do rompimento do relacionamento, houve uma discussão e ele a agrediu. Ela se desequilibrou e caiu de uma altura de cinco a seis metros e veio a óbito.

O suspeito teria posto o corpo nas proximidades do rio e a correnteza teria o levado. Os policiais averiguaram o local e encontraram manchas de sangue e outros indícios da ocorrência do crime.

Tags: