Sergipe

Cesta básica sofre aumento no mês de maio

O preço da cesta básica em Aracaju sofreu aumento em maio, com alta de 3, 08%, segundo pesquisa realizada mensalmente em 17 capitais brasileiras pelo DIEESE.

30/09/2015 19h13
Cesta básica sofre aumento no mês de maio
A8SE

O preço da cesta básica em Aracaju sofreu aumento em maio, com alta de 3, 08%, segundo pesquisa realizada mensalmente em 17 capitais brasileiras pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Apesar da alta, Aracaju se manteve como a cidade onde os produtos alimentícios essenciais têm menor custo, com R$ 168,80. Fortaleza (R$185,33) e João Pessoa (R$ 189,00) vieram a seguir. As elevações mais expressivas foram registradas em Recife (8,57%), Natal (4,90%), Salvador (3,90%), Porto Alegre (3,67%).

Nos últimos 12 meses, entre junho de 2008 e maio último, dez das 16 capitais nas quais a pesquisa já era realizada apresentaram variação acumulada negativa. Aracaju se inclui nessas dez capitais onde houve variação inferior a 3%, com -12,67%. Também consiste na pesquisa que o trabalhador passa 98 horas e 35 minutos, para pagar sua alimentação básica.

O prato típico do brasileiro, o feijão, arroz e carne, sofreu queda no quinto mês do ano. Feijão com -12,70%, arroz com - 16,22% e carne com -2,37%. A bebida mais consumida no Brasil, o café com leite também ficou mais barata, o leite -0,63% e o café. Apesar da crise com o trigo na Argentina, o pãozinho não sofreu alteração do preço em relação a abril, pois há armazenamento de trigo na capital.

Com informações do Dieese

 

Tags: