Esporte

Aracaju vai sediar seletiva do maior evento esportivo escolar do mundo

Seletiva nacional da Gymnasíade Escolar 2021 será realizada em Aracaju, entre os dias 27 de julho e 31 de agosto

Por ASN 24/11/2020 17h26
Aracaju vai sediar seletiva do maior evento esportivo escolar do mundo
ASN

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, realizaram, nesta terça-feira (24), a cerimônia de Lançamento da Seletiva Nacional da Gymnasíade Escolar 2021, que terá como sede Aracaju, em 2021. A solenidade foi realizada no auditório do Palácio dos Despachos, na capital sergipana, e reuniu autoridades e representantes de modalidades esportivas, dentre eles o campeão olímpico e padrinho da CBDE, Giba, a ex-atleta olímpica e secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), Fabíola Molina, e o presidente da Comissão do Esporte da Câmara, o deputado federal Fábio Mitidieri.

Devido à pandemia em 2020, o evento foi adiado para 2021. Os estudantes brasileiros vão tentar vaga no evento durante a seletiva nacional, programada para Aracaju, entre os dias 27 de julho e 31 de agosto. Já as disputas por medalha serão realizadas na cidade de Jinjiang, na China, em outubro.

Além do estímulo à prática esportiva para os jovens sergipanos, o governador Belivaldo Chagas destacou a importância do evento, também, para economia do estado. “Daqui sairão jovens que representarão o Brasil na China e o evento despertará nos nossos jovens um maior interesse pelo esporte. E diretamente receberemos cerca de 7 mil pessoas que ocuparão a rede hoteleira e conhecerão um pouco da nossa cultura. Fico muito feliz por termos essa oportunidade, que é motivo de muita satisfação, alegria e trabalho”, declarou o governador.

A Gymnasíade, como é conhecida, é um evento que ocorre de 2 em 2 anos e reúne mais de 100 países em cada edição. O Brasil, uma potência esportiva escolar mundial, é único país do mundo a ficar entre os três primeiros colocados nas últimas edições, que foram realizadas em Brasília-DF (2013), na Turquia (2016) e em Marrocos (2018).

Representando o secretário Especial do Esporte, Marcelo Reis Magalhães, a secretária Nacional de Esporte, Fabíola Molina, afirmou que receber um evento como esse é sinal de prestígio e de grande responsabilidade para Sergipe. “A gente agradece por Sergipe fazer tanto. O esporte tem o poder da união, quando as pessoas se unem em prol dele, as coisas acontecem. O mais importante do esporte escolar é formação de cidadãos do bem, de brasileiros com valores, que lutam por um ideal. É uma honra contribuir com a realização desse evento e ver os nossos jovens representando o Brasil na Gymnasíade”, concluiu.