Educação

Alunos da rede estadual se destacam nas notas de Redação do Enem

A tendência é que o número de alunos com boas notas cresça ainda mais.

Por Ascom/ Seduc 30/03/2021 19h14
Alunos da rede estadual se destacam nas notas de Redação do Enem
Assessoria de comunicação

Os alunos que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 já podem, a partir desta terça-feira(30), consultar as notas individuais na Página do Participante. Em uma checagem inicial, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) já identificou dezenas de estudantes da rede estadual que tiveram uma pontuação acima de 900 na prova de Redação, se destacando entre os melhores do Estado. O tema da redação do Enem 2020, na versão impressa da prova, foi “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”.

A Seduc realizará nesta quarta-feira, 31, às 10h, uma live intitulada “Saiu a nota do Enem! E agora?”. A transmissão será realizada através do perfil da Seduc no Instagram: @educacaose, e contará com a participação de Isabella Santos, coordenadora do Serviço de Ensino Médio, e Gisele Pádua coordenadora do Curso Pré-Universitário da Seduc.

Em um resultado ainda parcial, que tende a aumentar à medida que os nomes forem sendo identificados, mais de 50 alunos da rede chegaram próximos à pontuação máxima na prova, que é de 1000 pontos. Foi o caso de Luiz Felipe Batista Morato, de 18 anos, aluno do curso Pré-Universitário no polo Professor João Costa, em Aracaju, que pretende entrar no curso de Relações Internacionais na Universidade Federal de Sergipe (UFS). O jovem fez o Enem em 2019 como treineiro, e naquela ocasião, conseguiu 700 pontos na Redação. Após passar o ano de 2020 assistindo às aulas do curso Pré-Universitário da Seduc, ele saltou a sua pontuação para 980 na disciplina, o que deixou ele surpreso, mas, ao mesmo tempo, bastante satisfeito. Ele conta que foi bem cansativo conciliar a escola com o curso pré-universitário, mas que valeu a pena, já que teve uma preparação muito boa.

“A professora do Preuni me deu um bom repertório para a prova de Redação. Além disso, no início do curso, ela nos passou uma importante mensagem de incentivo, dizendo que deveríamos focar nos estudos e abdicar de algumas distrações. Isso me ajudou muito” disse. Luiz Felipe disse também que, por conta do período de pandemia, o assunto abordado no tema estava sendo bastante discutido na época, o que facilitou para que ele não tivesse dificuldade em desenvolver o texto.

“Outra coisa que ajudou foi que, mesmo com o período de pandemia, as aulas não pararam, nós tivemos os estudos de maneira remota. A professora passava os temas e pedia um prazo para que a gente escrevesse e entregasse. Depois ela corrigia e nos enviava novamente, para sabermos como estávamos indo”, explicou.

A excelente classificação dos alunos da rede estadual está sendo bastante comemorada no âmbito da Secretaria de Estado, do Esporte e da Cultura. Foi o caso da coordenadora do Serviço de Ensino Médio da Seduc, Isabella Santos. “Ter estudantes que alcançaram pontuação acima de 900 na redação do Enem é a certeza que o percurso dos nossos discentes no ensino médio foi profícuo, e que suas habilidades na área de linguagens foram bem desenvolvidas com o apoio das demais áreas na construção do repertório que culmina no sucesso na redação. Estamos no caminho certo e esperamos que em 2021 tenhamos ainda mais êxito na rede estadual”, declarou.

A coordenadora do Pré-Universitário, Gisele Pádua, destaca a importância do trabalho realizado por toda a equipe na preparação dos alunos. “Vivemos um ano muito difícil, quando tivemos que aprender a tratar com o emocional, tanto da equipe de professores, como dos estudantes. Esse resultado está sendo comemorado com muito carinho e muita felicidade porque os nossos estudantes foram persistentes e enfrentaram muitas adversidades. Já consideramos vitoriosos por terem enfrentado o desafio de irem fazer a prova do Enem”, declarou.

Excelentes notas

Dezenas de alunos, ainda em uma contagem parcial, tiveram excelentes notas na prova de Redação do Enem, ultrapassando os 900 pontos. Foi o caso de Mylena Xavier Santos, de 18 anos, aluna do polo Jackson de Figueiredo. Ela também já participou como treineira, obtendo 640 pontos, e assim como o Luiz Felipe, desta vez ela pontuou 980 na prova. Ela explica que as aulas do Curso Pré-Universitário da Seduc foram essenciais para alcançar esse bom resultado. “Gostei muito. Uma vez por semana a professora passava temas, a gente escrevia e ela corrigia. O Preuni nos deu muito apoio. Achei o tema da Redação muito fácil e atual, por isso gostei bastante”, afirmou ela, que pretende ingressar no curso de Enfermagem.

E o resultado dos estudos intensos também foi identificado na comunidade indígena Xokó. A jovem Ana Beatriz Rosa Lima é aluna do Colégio Indígena Estadual Dom José Brandão de Castro, localizado na Ilha de São Pedro, em Porto da Folha. Com 18 anos, ela fez o Enem para tentar entrar no curso de Odontologia. Esta é a terceira vez que ela participa do Exame, tendo sido treineira nas duas primeiras vezes, ocasião em que conquistou 540 e 680 pontos na Redação, respectivamente. Desta vez, no Enem 2020, ela se superou e agora comemora os 940 pontos na prova.

“A minha preparação aconteceu na escola mesmo, com os aulões organizados pelos professores, além das vídeo-aulas que eu pesquisava na internet. Eu também assistia lives do curso Pré-Universitário da rede estadual e fazia os simulados de redação. Eu estudava diariamente uma disciplina diferente e confesso que me dediquei mais para a redação. A professora de Língua Portuguesa passava temas e corrigia as nossas redações. Eu sei do meu esforço e que teria uma boa nota. Mas quando vi minha pontuação, realmente fiquei surpresa”, afirmou.