Sergipe

Agricultora é assassinada com um tiro na cabeça

30/09/2015 19h03
Agricultora é assassinada com um tiro na cabeça
A8SE

A trabalhadora rural, Dalva Alves de Menezes, 62 anos, foi assassinada na noite de ontem (05) com um tiro na cabeça. O crime ocorreu no Povoado Água Branca, município de Itabaiana. Segundo informações, uma quadrilha formada por cerca de sete homens tentou arrombar a casa da vítima. Numa tentativa de impedir a ação, a agricultora teria ficado atrás da porta, quando foi atingida com um tiro na cabeça.

Após o disparo, os assaltantes derrubaram a porta da casa, fizeram ameaças ao filho e ao marido da vítima que estavam em casa e obrigaram os sobreviventes a entregar a quantia de cerca de R$ 4 mil. A quadrilha fugiu em um carro que já aguardava nas proximidades.

Dalva Alves chegou a ser encaminhada com vida ao hospital regional, mas antes de receber os primeiros socorros acabou morrendo. Mãe de 11 filhos, a agricultora teria trabalhado o dia inteiro na roça.

"Minha mãe era uma pessoa pacata, trabalhadora. Ela foi morta na frente de meu pai e de irmão. Estamos chocados, revoltados e inconformado com tamanha brutalidade", desaba Unaldo Menezes, um dos filhos da agricultora.

Segundo informações a polícia ainda chegou a trocar tiros com os bandidos, mas eles conseguiram escapar. A suspeita é de que os assaltantes já tinham conhecimento que o casal de agricultores estava com essa quantia de dinheiro guardada em casa.

Tags: