Sergipe

Abertura do II Concurso de Quadrilhas foi um sucesso

30/09/2015 20h04
Abertura do II Concurso de Quadrilhas foi um sucesso
A8SE

 

 

Alegria contagiante e grande festa pela valorização da cultura junina. Foi assim a abertura do II Concurso de Quadrilhas da TV Atalaia, que aconteceu neste final de semana na rua de São João.

O Concurso de Quadrilhas da TV Atalaia atrai turistas como a cariosa Rose Mariz. (Foto:Alice Nou)

A Rua de São João ficou animada com a apresentação das quadrilhas juninas. (Foto: Alice Nou)

No primeiro dia da competição, no sábado (29), os jurados elegeram as melhores quadrilhas da "Chave A", composta pela "Sanfona Branca", "Assum Preto", "Luiz Gonzaga", "Rosa Dourada" e "Forrobodó". O resultado classificou as quadrilhas Assum Preto, Forrobodó e Luiz Gonzaga, para a semifinal do concurso, que ocorre nas cidades de Carmópolis, Tobias Barreto e Nossa Senhora do Socorro.  

O segundo dia do concurso ocorreu no domingo (30) com as quadrilhas juninas da "Chave B", formado pelas "Unidos do Sertão", "Baila Conosco", "Século XX", "Flor Nordestina", `Xodó da Vila" e "Abusada da Roça". As classificadas foram a Séxulo XX, Abusados da Roça e Xodó da Vila.

Para o presidente da Liga das Quadrilhas Juninas de Sergipe, Luiz Antônio Lírio Nascimento, o concurso representa a valorização das manifestações culturais de Sergipe."É de primordial importância este evento que vem sendo realizado com sucesso em parceria com a TV Atalaia, essa grande emissora que faz a transmissão do concurso e assim, abre um leque de oportunidades e de divulgação para as quadrilhas sergipanas que merecem todo reconhecimento", relatou.

A turista Rose Mariz ficou encantada com a festa. "Sou do Rio de Janeiro e confesso que nunca vi nada igual, é muita cor, alegria, festa bonita, me sinto feliz por estar aqui", contou Rose.

A segunda etapa do concurso acontece neste domingo,(30). (Foto:Alice Nou)

Renda extra

O evento também ajuda os moradores da rua de São João a ganharem um renda extra. Michel Andrade resolveu vender churrasquinho na porta de sua casa, localizada próximo ao evento e diz estar faturando. "Dá pra faturar e muito! Em duas horas eu já consegui R$ 100 só vendendo churrasquinho. É uma oportunidade legal além de apoiar mais a cultura da nossa terra", explicou Michel.

O evento também movimenta o comércio sergipano, atraindo ambulantes e oportunidades de renda extra. (Foto:Alice Nou)

 

 

 

 

Tags: