Crime

Mulher é presa em flagrante por maus-tratos contra filhotes de cachorro em Aracaju

Eles foram encontrados com elásticos amarrados à cauda para que a perdessem por necrose

Por SSP/SE 12/06/2021 09h39
Mulher é presa em flagrante por maus-tratos contra filhotes de cachorro em Aracaju
SSP/SE

Equipes da Delegacia de Proteção Animal e ao Meio Ambiente (Depama) prenderam em flagrante uma mulher pela prática de maus-tratos contra filhotes de cão da raça rottweiler, em Aracaju. A ação policial ocorreu após o recebimento de denúncias por meio do WhatsApp da unidade policial. A autora do crime publicou vídeos em rede social mostrando os animais com a cauda amarrada, prática que causaria a necrose do rabo, vindo a ser retirado.

De acordo com a delegada Georlize Teles, os maus-tratos eram praticados contra sete filhotes. “A autora publicou no perfil do instagram dela imagens onde mostram a cadela e os filhotes, sendo que os filhotes estavam com um elástico amarrado ao rabo. E dizia que a prática era para necrosar o rabo, para que eles perdessem a cauda, pois valorizaria para uma futura venda”, detalhou.

Diante da situação encontrada, a autora foi conduzida à Depama, onde foi concretizado o flagrante, que será encaminhado à Justiça. Georlize Teles relembrou que, com base na nova lei de combate às práticas de maus-tratos aos animais, os autores desses crimes podem ser condenados a uma pena que varia de dois a cinco anos de prisão, além de outras penalidades legais previstas na legislação, em vigor desde setembro de 2020.

“Infelizmente, é uma conduta, uma prática, que há algum tempo era aceita pela sociedade. Mas, hoje, não cabe mais esse tipo de fato, pois causa dano ao animal. Em conversa com veterinário, ele nos disse que pode levar à morte do animal. Essa conduta configura maus-tratos. Está tipificado no código ambiental”, concluiu a delegada. As denúncias de práticas como essa podem ser encaminhadas por meio do 181 ou do WhatsApp (79) 98819-4576 e do telefone (79) 3251-1975.