Polícia

Itabaiana: mulher é presa por suspeita de matar padrasto

A motivação do homicídio, segundo a polícia, seria uma vingança a uma violência doméstica sofrida pela mãe de Talita e companheira da vítima.

Por SSP/SE 19/11/2020 18h08
Itabaiana: mulher é presa por suspeita de matar padrasto

Agentes da Delegacia Regional de Itabaiana prenderam, na tarde desta quinta-feira, 19, Talita Lopes dos Santos, de 22 anos, suspeita de envolvimento no homicídio do padrasto Josevaldo da Silva Santos, executado a tiros no dia 4 de outubro deste ano, no bairro Campo Grande, município de Itabaiana. As investigações foram concluídas com o indiciamento de três pessoas.

De acordo com o delegado regional de Itabaiana, Tarcísio Tenório, o inquérito já foi remetido à Justiça e as prisões solicitadas pela Polícia Civil. Todos os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público e já respondem ao processo, que tramita na 2ª Vara Criminal de Itabaiana.

“Talita assumiu a prática do homicídio, confessando ter efetuado os disparos de revólver contra o padrasto, porém os relatos testemunhais e gravações colocam todos os envolvidos na cena do crime”, explicou o delegado.

A Polícia apurou que a motivação do homicídio seria uma retaliação a uma suposta violência doméstica sofrida pela mãe de Talita e companheira da vítima. Além de Talita, foram indiciados Fabrício Siqueira Lima e Lucas Santos de Oliveira, que já haviam sido presos no mês de outubro.

Confira a declaração do delegado sobre o caso: