"Fantasma" e "Rô"

Foragido considerado o de maior periculosidade do sertão sergipano morre em confronto policial

Um segundo suspeito também morreu

Por redação Portal A8SE com informações da SSP/SE 24/11/2022 14h53
Foragido considerado o de maior periculosidade do sertão sergipano morre em confronto policial
Foto: reprodução/divulgação ascom Governo de Sergipe

Nesta quinta-feira (24), uma operação policial foi desencadeada para prender um suspeito de nove homicídios no interior sergipano.

As investigações apontam dois investigados: Jailton da Silva Santos, conhecido como "Fantasma" ou "Chula", e Rosinaldo Bispo dos Santos, conhecido como "Rô".

A operação visava a prisão de Jailton, contra ele havia quatro mandados por suspeita de envolvimento em nove homicídios.

De acordo com o delegado Wanderson Bastos, Jailton era tido como o foragido de maior periculosidade na região de Nossa Senhora das Dores.

"Portanto, após levantamentos de campo e de inteligência, levados a cabo por todas as forças policiais envolvidas, foi possível descobrir que Jailton estaria há cerca de dois dias escondido em uma casa nas proximidades do Beco de Belo", informou o delegado.

Na madrugada de hoje, foi organizado um cerco policial no imóvel onde o suspeito Jailton se escondia. Segundo a polícia, foi aí que Jailton e Rosinaldo entraram em confronto com os agentes. “Eles ainda foram socorridos, mas morreram”, explicou a equipe.

Em posse da dupla, foram encontrados armas de fogo e aparelhos celulares.