Explosão

Explosão em mina de carvão deixa operários soterrados na Colômbia

Há três dias, as equipes tentam acessar o local para resgatar 14 trabalhadores.

Por Redação do Portal A8SE e Revista Oeste 02/06/2022 10h40
Explosão em mina de carvão deixa operários soterrados na Colômbia
Reprodução/Twitter

Há três dias, cerca de 50 socorristas tentam acessar uma mina de carvão na cidade de Zulia, na Colômbia, para resgatar 14 operários que estão presos no local após uma explosão. O desastre provocou a interdição da saída da mina.

Eles estão tentando descer aproximadamente 200 metros e, de acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM), a expectativa é que os mineiros sejam encontrados ainda nesta quinta-feira (2).

“Avançamos 70% em termos de distância do ponto onde se presume que estavam os trabalhadores”, disse à agência de notícias France Presse, Catalina Gheorghe, que lidera a operação de buscas da ANM.

As causas do acidente ainda estão sendo investigadas. Por enquanto, a principal hipótese é que a concentração de metano no interior da mina provocou a explosão, um incêndio posterior e um desmoronamento, segundo as autoridades.

“Estamos buscando pessoas com a esperança de que estejam vivas. Mas foi uma explosão muito forte, na qual houve altas temperaturas, pressões muito altas e elevadas concentrações de monóxido de carbono”, disse Gheorghe.

Um dos trabalhadores que estavam fora do buraco, mas que acabou atingido pela explosão na hora do acidente, morreu ontem com queimaduras graves.

Segundo a ANM, a mina possuía permissão para operar, apesar de seus trabalhos terem sido suspensos em março do ano passado por outro acidente, que a manteve fechada até maio deste ano.

A Colômbia registrou no ano passado 148 mortes em acidentes mineiros. O petróleo e o minério são os principais produtos de exportação do país.