Mundo

China anuncia sanções a Google e Baidu por permitir acesso a pornografia

30/09/2015 19h00
China anuncia sanções a Google e Baidu por permitir acesso a pornografia
A8SE

A China deu início a um programa que inclui sanções contra grandes sites e empresas de internet, como Google e Baidu, sob a acusação de ferirem a moral ao disseminarem conteúdos "pornográficos" e "vulgares". O governo afirma que essas páginas serão "punidas severamente", mas não deu detalhes sobre as penas ou o tempo de duração da campanha.

Segundo o governo chinês, sete agências vão trabalhar juntas em uma campanha para "purificar o ambiente cultural da internet e proteger o desenvolvimento saudável dos jovens". A pornografia é banida na China e o governo adota a prática de bloquear o acesso a sites hospedados no exterior para impedir o acesso a esse tipo de conteúdo.

O governo acusa o Baidu, maior site de buscas do país, e o Google, o segundo nesse mercado na China, de falharem na tarefa de impor medidas "eficientes" contra esse tipo de conteúdo --os censores afirmam que esses sites oferecem links para páginas com pornografia. Ao todo, 19 empresas que operam no país foram citadas como alvos para as sanções.

O Partido Comunista já empreendeu outras medidas de censura antes, tendo com alvos a pornografia e a oposição política, entre outros. Mas, dessa vez, o esforço será de várias órgãos juntos. A campanha coincide com o esforço do Partido para abafar protestos, à medida que a crise econômica mundial afeta o país.

Fonte: Reuters

 

Tags: