Pesquisa eleitoral

Eleições 2022: TV Atalaia divulga pesquisa de intenções de voto ao governo de Sergipe

A pesquisa foi realizada pela CTAS Tecnologia e ouviu 2398 eleitores, em 40 municípios do estado

Por redação Portal A8SE 19/09/2022 19h31
Eleições 2022: TV Atalaia divulga pesquisa de intenções de voto ao governo de Sergipe

Nesta segunda-feira (19) a TV Atalaia, durante o Jornal do Estado, apresentou os resultados da pesquisa de intenções de voto ao governo de Sergipe para as eleições deste ano. O levantamento foi feito entre os dias 13 e 16 de setembro, e ouviu 2398 eleitores, em 40 municípios do estado.

Produzida pela CTAS Tecnologia, a pesquisa foi cadastrada na Justiça Eleitoral sob a identificação SE-05658/2022. A margem de erro é de 2% e o índice de confiança é de 95%.

Estimulada

Valmir de Francisquinho (PL): 32,36%

Fábio Mitidieri (PSD): 24,15%

Rogério Carvalho (PT): 16,38%

Alessandro Vieira (PSDB): 6,42%.

Os candidatos Doutor Antônio Cláudio (DC), Elinos Sabino (PSTU), Niully Campos (PSOL) e Aroldo Félix (UP) foram citados, mas, individualmente, não atingiram 1% dos eleitores pesquisados. Não souberam ou não quiseram opinar, totalizam 14,64%; nulos e brancos foram 4,92%.

Estimulada sem Valmir de Francisquinho

Foi feita uma segunda pesquisa, sem o candidato Valmir de Francisquinho, que se encontra em judice junto à Justiça Eleitoral. Confira os resultados:

Fábio Mitidieri (PSD): 29,23%

Rogério Carvalho (PT): 19,01%

Alessandro Vieira (PSDB): 10,55%

Os candidatos Doutor Antônio Cláudio (DC), Elinos Sabino (PSTU), Niully Campos (PSOL) e Aroldo Félix (UP) foram citados, mas, individualmente, não atingiram 1% dos eleitores pesquisados. Não souberam ou não quiseram opinar, totalizam 22,53%; nulos e brancos foram 17,25%.

Índice de rejeição (estimulada)

Foi analisado, ainda, o índice de rejeição entre os que disputam o governo de Sergipe.

Rogério Carvalho (PT): 16,93%

Fábio Mitidieri (PSD): 8,72%

Alessandro Vieira (PSDB): 6,84%

Valmir de Francisquinho (PL): 5,55%

Não souberam ou não quiseram opinar, totalizam 44,20%; nulos e brancos foram 13,18%.