Brasil

Encontrados corpos de jovens que desapareceram no Espírito Santo

30/09/2015 21h02
Encontrados corpos de jovens que desapareceram no Espírito Santo
A8SE

 

Carro onde estavam jovens foi encontrado submerso em rios (Foto: divulgação Tudo na Hora )

Foram encontrados na noite desta bterça-feira (24) os corpos dos cinco jovens capixabas que estavam desaparecidos desde a última sexta-feira (20). O delegado delegado Danilo Bahiense, confirmou, durante entrevista ao vivo ao telejornal da TV Vitória, afiliada da Rede Record que os corpos dos cinco jovens foram encontrados no Rio Mucuri, na Bahia.  

 

Pelas informaçoes policiais, quatro corpos estavam dentro do automóvel que o grupo viajava e um deles do lado de fora. O Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas (BA) foi deslocado para a região para resgatar as vítimas. As causas do acidente estão sendo investigadas.

A Polícia Civil do Espírito Santo, juntamente com o serviço de inteligência da Bahia, estava fazendo as buscas e a investigação. Ao todo, 50 policiais de cada Estado ajudaram nas buscas com o auxílio de dois helicópteros.

Estavam desaparecidos André Galão, de 28 anos, ex-estudante de design de moda do Centro Universitário do Espírito Santo (Unesc), Izadora Ribeiro, de 21, Rosaflor Oliveira, de 24, Amanda Oliveira, de 22, e Marllonn Amaral, de 21 --todos estudantes de biologia do Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes).

Entenda o caso

 

Corpos foram encontrados num rio na Bahia (Foto: divulgação Tudo na Hora )

Os jovens viajavam, por volta das 19h da última sexta-feira, em um carro Fiat Punto para a festa de aniversário da mãe de Izadora. O percurso entre São Mateus e Prado deveria ser feito em cerca de três horas. Como o grupo não chegou ao destino, os familiares tentaram ligar para os celulares dos estudantes, mas todas as ligações caíram na caixa postal.  

 

Segundo a polícia de São Mateus, o grupo teria sido visto pela última vez em um posto de gasolina do distrito de Itabatã, em Mucuri, no sul da Bahia.
Segundo a mãe de André Galão, Glória, as buscas foram iniciadas pelos familiares já na manhã de sábado (21), ela informou que o trajeto entre São Mateus e Prado foi refeito diversas vezes por parentes.

"Tudo ainda é muito vago, é como se um carro e cinco pessoas pudessem desaparecer como fumaça, como se pudessem desintegrar", afirmou ontem.

Além dos familiares e da polícia, o caso vinha sendo divulgado nas mídias sociais com a ajuda de amigos.

Fonte: Tudo na Hora

 

Tags: