Brasil

Casal de 102 e 99 anos comemora 80 de casados

A festa pelos 80 anos foi simples, como é a família: só um almoço, para os que moram mais perto

30/09/2015 19h47
Casal de 102 e 99 anos comemora  80 de casados
A8SE

Com o tom de voz bem baixinho, quase num sussurro, na melodia que é uma mistura de notas de cantiga de ninar e cântico de igreja, dona Otília Maria de Jesus entoa uma estrofe que ela mesma compôs: "Ainda vou no céu em vida/ perguntar ao Nosso Senhor/ se no dia que eu morrer/ posso levar o meu amor". A música tem tudo a ver com a história da "cantora: ela e o marido, Antônio Xavier de Carvalho, estão casados há 80 anos, completados no último dia 9. Os dois vivem na casa de um dos nove filhos, em Monte Mor.

Sentados lado a lado, as mãos calejadas dos dois se entrelaçam o tempo todo. Quando percebe alguma fala carinhosa do marido, dona Otília se encosta nos ombros dele. Cheios de demonstrações de carinho, a memória é retomada aos poucos, alguns lapsos surgem, um corrige o outro e o sorriso grande, simultâneo entre os companheiros, vem em seguida.

Na colônia de centenas de empregados de uma fazenda de café na Vila Elisiário, na região de Catanduva (a 300 quilômetros de Campinas), tanto a família de dona Otília, hoje com 99 anos, quanto a de seu Antônio, de 102, foram morar na década de 20, vindas do Sertão da Bahia. Ali, numa das animadas festas, na época em que os bailes começavam às 18h e, no máximo, até as 21h, já tinham acabado, seu Antônio começou a observar a moça. "E não é que eu gostei?", conta dona Otília. Para que o casamento se realizasse, não demorou sequer dois meses. "E foi uma festança com tanta leitoa assada que eu nunca vi tanta fartura", relembra seo Antônio.

A festa pelos 80 anos foi simples, como é a família: só um almoço, para os que moram mais perto. Com tantos descendentes, fica impossível conciliar uma data para reunir todos. Para um dos filhos, Evando Xavier de Carvalho, honestidade e os valores morais são as grandes qualidades dos pais. "Durante a vida toda, eles foram assim: bem-humorados e pais que nunca levantaram a mão para nenhum dos filhos. Foram enérgicos quando necessário e conseguiram passar a todos como é importante ter uma família", diz ele, aos 59 anos.

Fonte: UOL

Tags: