Brasil

Brasil conhece primeiros adversários do Mundial Adulto Feminino da China

30/09/2015 19h35
Brasil conhece primeiros adversários do Mundial Adulto Feminino da China
A8SE

Quatro seleções européias - Alemanha, França, Suécia e Dinamarca - além do Congo, serão as adversárias do Brasil pelo Grupo A, do Mundial de Handebol Adulto Feminino, que será realizado de 05 a 20 de dezembro na China, e que envolverá 24 países. O sorteio foi realizado nesta quarta-feira 15, na sede da Federação Internacional de Handebol (IHF), na Suíça.
O Grupo B terá Rússia, Angola, Áustria, Ucrânia, Tailândia e Austrália. O Grupo C será formado por Noruega, Romênia, Hungria, Japão, Tunísia e Chile. E, no grupo D, estarão Espanha, Coréia, China, Costa do Marfim, Argentina e Cazaquistão.
O técnico dinamarquês Morten Soubak, que assumiu a Seleção Brasileira em março deste ano, avaliou a situação do Brasil. "Estamos na chave mais difícil e equilibrada de todas. O nosso grupo é o único em que as cinco equipes têm chances de avançar para a segunda fase. Apesar de renovada, a Dinamarca ainda é um time muito bom, já a Suécia e a Alemanha são equipes experientes e muito fortes fisicamente", comentou.
A armadora Duda Amorim, de 22 anos, (foto) esteve presente no último Mundial, realizado em 2007, na França, onde a Seleção Brasileira terminou na 14ª colocação e é uma das grandes promessas desse novo ciclo olímpico.
"Acredito que o jogo mais complicado será contra a Dinamarca, que está um nível acima de todas as outras equipes. Mas, contra a Alemanha, Suécia, França e Congo, espero jogos equilibrados, porém, a Seleção Brasileira tem potencial para vencer e melhorar a colocação do Mundial anterior" - comentou a jogadora que atua no Gyori Audieto, da Hungria, time vice-campeão da Liga dos Campeões.
Após conquistar o vice-campeonato Pan-Americano, realizado em junho, no Chile, a Seleção Brasileira foca as suas atenções no Mundial. "Vamos dar seqüência à nossa preparação com a participação em alguns torneios internacionais. Vamos, inclusive, realizar quatro jogos contra a Dinamarca", disse Morten.
Os dois primeiros jogos contra a Dinamarca serão no Brasil pelo Desafio Petrobras de Handebol, previsto para o início de agosto e os outros dois, acontecerão em outubro.
Questionado sobre enfrentar um adversário do grupo às vésperas do Mundial, o treinador não vê problemas. "Tanto eles, quanto nós estamos passando por um momento de renovação então esses amistosos serão importantes para nos conhecermos melhor e saber as dificuldades que vamos encontrar no Mundial", finalizou Soubak.

 

 

Tags: