Mundo

25/11/2011 às 14h24

Africana diz que pênis cresceu em seu corpo

Redação Portal A8
Pênis indesejado anda fazendo a nigeriana Zuratu Mohammed urinar na cama na hora de dormir (Foto: Divulgação R7)

Se Zuratu Mohammed, uma nigeriana de 48 anos, conta a história de vida para alguém, é bem provável a pessoa que ouvir passe o resto da vida chamando essa mulher de loroteira.

Tudo porque, quando ela estava no quinto mês de sua gravidez, um órgão sexual masculino se desenvolveu em seu corpo, mais exatamente: dentro de sua bexiga.

Sem saber o que fazer, ela se isolou do mundo - até de seu marido. O problema é que, quando ela deu à luz seu primeiro filho, a verdade veio à tona. Tanto os médicos quanto as enfermeiras alardearam a descoberta e, quando o efeito da anestesia passou, Zuratu não sabia onde enfiar a cara.

Em entrevista para o jornal African Spotlight, a mulher declarou que não era apenas um problema estético. O fato de haver um pênis em sua bexiga criava outros constrangimentos com os quais nenhum de nós jamais sonhou.

- Possuir um órgão sexual masculino era um problema, mas dormir em uma cama qualquer se tornou outro problema ainda mais complicado porque, no momento em que eu fechava meus olhos, eu podia me urinar inteira, sem controle nenhum.

Em busca da solução para seus problemas, a mulher saiu tentando resolver todas as pontas soltas de sua vida. A primeira delas, aliás, foi com seu pai. Zuratu fugiu da casa dele para, contra a vontade do velho, se casar com um policial.

Ela acha que isso pode ajudar a encontrar um caminho no meio de toda a loucura que sua vida virou. O pai dela concorda e, segundo ele, a primeira coisa que ela deve fazer é ir até a casa do policial, o marido que ela deixou para trás, e devolver a ele o filho que tiveram juntos.

Fonte: R7