Mundo

23/09/2009 às 12h38

Sexo, bebidas e chocolate fazem bem para o coração; saiba porque

Estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade Harvard

Redação Portal A8

À primeira vista, as recomendações para manter a saúde do coração podem parecer uma lista de "nãos": não fume, não coma demais, evite isso ou aquilo. Chato? Bem, realmente é preciso abandonar ou restringir certos hábitos para manter o coração saudável.

No entanto, novas pesquisas estão mostrando que há uma série de coisas muito prazerosas que são, também, muito benéficas à saúde. Sexo, vinho (ou bebidas alcoólicas em geral), chocolate e café estão na lista dos prazeres agora permitidos - e até recomendados, se for seguida a regra de ouro da moderação. Confira os efeitos saudáveis de alguns prazeres, relacionados por especialistas da Faculdade de Medicina da Universidade Harvard:

Sexo

Pesquisas sugerem que ter relações sexuais pelo menos duas vezes por semana reduz o risco de ataques cardíacos e favorece o sistema imunológico do organismo. Quanto à chance de um homem ter um infarto durante a relação sexual, ela é uma em um milhão.

Fazer sexo também aumenta o metabolismo: o esforço cardiovascular realizado durante a relação é similar ao de subir dois andares de escada, por exemplo. O orgasmo corresponde à carga de exercícios de uma caminhada.

Bebidas alcoólicas

Dezenas de estudos têm demonstrado que o consumo moderado de álcool tem efeito protetor contra doenças do coração. O álcool aumenta o colesterol "bom" (HDL), diminui os fatores que podem causar coágulos sanguíneos e pode tornar as artérias mais flexíveis. Um estudo de 2008, feito na Europa, mostrou que o consumo de álcool também está associado a maiores níveis de ômega 3 no sangue.

O consumo excessivo, porém, tem efeito contrário, podendo, entre outras coisas, aumentar o nível de triglicérides no sangue e a pressão arterial, provocar derrames etc. O critério para beber com moderação é, em geral, definido pelos limites de uma a duas doses de bebida para homens e uma dose para mulheres, por dia.

Chocolate

O chocolate melhora o fluxo de sangue nas artérias do coração e do cérebro. Há evidências mostrando a associação entre o consumo de chocolate amargo e menores níveis de uma substância no sangue que sinaliza inflamações.

A explicação mais aceita para os efeitos benéficos do chocolate é que o cacau contém substâncias chamadas flavonóides que, no organismo, estimulam a produção de outras substâncias químicas que relaxam os vasos sanguíneos.

No entanto, o processamento do cacau retira a maior parte dos flavonóides do alimento. O chocolate amargo e com maior porcentagem de cacau é o que produz os efeitos benéficos. Mas é bom lembrar que o alimento é bastante calórico e o consumo excessivo pode levar ao aumento do peso e à obesidade, que são bastante prejudiciais ao coração.

Café

Aparentemente, quem bebe café costumeiramente tem menos chances de sofrer infarto, derrame ou desenvolver diabetes. A cafeína da bebida realmente tem um efeito vasoconstritor, que pode aumentar ligeiramente a frequência cardíaca, mas esse é um efeito transitório. Além da cafeína, o café possuí outras substâncias (especificamente, compostos fenólicos) que parecem cancelar os efeitos negativos da cafeína.


Fonte:Terra