Esportes

15/04/2010 às 20h39

Treinador recebe cheque sem fundo e coloca clube sergipano na justiça

Redação Portal A8

Em contato com o site Atalaia Agora, o ex-treinador do Confiança, Luiz Carlos Cruz, afirmou que acionou a equipe proletária na justiça, depois de várias tentativas frustradas para receber os salários atrasados e a multa rescisória, uma vez que foi demitido e tinha um contrato de um ano para ser cumprido, que só venceria em dezembro de 2010.

Cruz disse que a primeira audiência deve ser realizada no mês de maio e que nesta data estará presente e vai aproveitar a oportunidade para fazer um esclarecimento à imprensa. "Resolvi colocar o Confiança na justiça depois de um ano, tentando receber", disse o treinador, acrescentando que tudo está nas mãos do seu advogado Vitor Hugo.

Inclusive o cheque sem fundo que Confiança teria passado foi no valor de R$ 6 mil. O valor total do contrato de um ano é de R$ 300 mil o que representa um salário de R$ 15 mil.

Por Barroso Guimarães