Esportes

05/09/2009 às 16h15

Alecrim tem problemas para o jogo de volta

Redação Portal A8

O técnico Diá ganhou três problemas para o jogo de volta da terceira fase da série D do Campeonato Brasileiro. Não bastasse ter perdido o jogo por 3x1 para o Sergipe/SE, o que obriga ao alviverde ganhar por, pelo menos, dois gols de diferença para se classificar de forma direta, Francisco Diá não vai poder contar com o zagueiro Pantera e o meio-campo Chapinha, suspensos pelo terceiro cartão amarelo e com o volante Fabiano Silva, expulso no jogo.

Inconformado com as suspensões, o treinador alecrinense culpou o árbitro da partida, Émerson Batista da Silva, pelo resultado da partida. "Foi uma vergonha o que aconteceu em Aracaju. O árbitro prejudicou a nossa equipe, foi uma vergonha. O Érico era para ter sido expulso logo no começo do jogo depois de uma falta em cima do Chapinha. O árbitro matava todas as nossas jogadas de ataque e além de nos tirar dois jogadores importantes para o próximo jogo ainda expulsou o Fabiano. Foi uma vergonha o que aconteceu no Batistão", lamentou Dia.

O goleiro Isaías, o meio-campo Robson e o atacante Maurício Pantera, que não participaram do jogo em Sergipe, devem voltar na próxima partida. "Não perdemos nada ainda e agora vamos recuperar os jogadores que não trabalharam no domingo, como o Maurício Pantera e o Robson. Agora é trabalhar. O time foi valente e não é fácil suportar uma pressão como a de domingo, com um jogador a menos e este gol que nós marcamos vai ser importante para o jogo da volta. Eles ganharam o primeiro tempo, mas, o Sergipe não é nenhum bicho-papão e eu tenho certeza que com o apoio da torcida nós vamos virar o jogo em casa e conseguir a classificação para a próxima fase", afirmou Francisco Diá.

Fonte: tribunadonorte.com.br