Brasil

06/05/2019 às 16h19

Temer vira réu por organização criminosa e obstrução de justiça

R7

A Justiça Federal em Brasília colocou o ex-presidente Michel Temer no banco dos réus pelas denúncias de embaraço à investigação após o encontro com Joesley Batista e pelo crime de organização criminosa no caso conhecido como ‘Quadrilhão do MDB’. As informações são do colunista Fausto Macedo, do jornal O Estado de S.Paulo.

De acordo com a publicação, os processos apresentados em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, estava suspenso porque não havia sido autorizado pela Câmara dos Deputados. A ação também envolve os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Com a aceitação da nova denúncia, Temer passa a ser réu em seis ações penais.

 


Fonte: R7