Brasil

03/05/2010 às 11h55

Moradores de Laranjeiras reclamam de insegurança

Redação Portal A8

Os moradores do município de Laranjeiras, distante 23 quilômetros da capital, estão apavorados com a crescente violência no local. São homicídios, assaltos, furtos e o tráfico de drogas acontece durante o dia. A aposentada Joana Maria contou que a situação é crítica. Os bandidos ficam nas ruas e ninguém faz nada. Ela também falou que a prostituição é absurda e até crianças fazem ponto nos postos de combustíveis.

"Nós estamos reféns da insegurança. Não há policiamento e o 190 não funciona. Estamos à mercê da bandidagem", contou, acrescentando que na semana passada houve um crime e o assassino saiu tranquilamente pelas ruas da cidade.

Alguns moradores se protegem como podem e evitam sair de casa durante a noite. "Eles estão soltos e nós estamos presos. Quem não colocar grades nas portas são roubados", disse a vendedora Keyte Carvalho.

De acordo com informações, o posto policial fica fechado na maior parte do tempo e a Delegacia não funciona nos finais de semana. "Sempre que a gente precisa nunca tem um policial para nos atender. Nós pagamos nossos impostos e não somos atendidos com o serviço de segurança pública", disse o aposentado Reinaldo Oliveira.