Brasil

22/03/2010 às 11h35

Idosa de 70 anos esfaqueia homossexual em São Miguel (AL)

Redação Portal A8
A idosa disse que não aguentava mais ser agredida (Foto: Alagoas 24 horas)

A idosa Maria Alaíde da Silva, de 70 anos, foi presa após esfaquear um homossexual na cidade de São Miguel dos Campos - cidade distante 63 quilômetros de Maceió.

Dudu foi atingido no abdome (Foto: Alagoas 24 horas)

Ela alega que não aguentava mais ser agredida por Valdemir Queiroz da Silva - conhecido como Dudu.

A tentativa de homicídio aconteceu nas proximidades da Delegacia Regional do município. Dudu estava sentando na praça, quando foi surpreendido por Maria Alaíde pelas costas.

Ela desferiu um golpe no abdome da vítima. A vítima conseguiu correr até a delegacia, onde pediu ajuda aos policiais de plantão.

Dona Laíse, como é conhecida na região, informou que já havia sido agredida fisicamente por Valdemir e que no dia de ontem ele teria chutado a porta de sua residência, no Loteamento José Alves.

"Eu já não aguentava mais apanhar dele e ontem ele passou na rua e chutou a porta da minha casa e ficou gritando, me xingando", justificou a anciã.

Valdemir foi encaminhado para a Santa Casa do município, onde foi submetido à intervenção cirúrgica. Não há - até o momento - informações sobre o estado de saúde da vítima.

Na delegacia, Maria Alaíde informou que já responde um processo por homicídio doloso. Ela teria assassinado o marido - José Hosano da Silva - no ano de 2003 a facadas. "Eu dei oito facadas nele [marido] porque apanhava muito dele", contou. O processo corre na 3ª Vara Criminal de São Miguel dos Campos.

Maria Alaíde foi presa e autuada por tentativa de homicício. A polícia conseguiu apreender a arma do crime, uma faca peixeira. Com Valdemir, a polícia apreendeu uma pedra de crack.

 

Fonte: Alagoas 24 horas