Brasil

29/09/2009 às 11h52

Conheça seis profissões e áreas de atuação que prometem boas vagas de trabalho

Aptidão e gosto pessoal pela carreira precisam ser levados em conta

Redação Portal A8

"E então, já decidiu o que vai cursar?" A pergunta é inevitável - e se você está prestes a concluir o ensino médio e prestar vestibular, vá sabendo que será impossível escapar dela. O que os curiosos parecem não saber (ou ter esquecido) é a dificuldade de escolher uma profissão.

No cada vez mais disputado mercado de trabalho, essa decisão deve ser feita de forma bem pensada. Aptidão e gosto pessoal pela carreira precisam ser levados em conta, mas, ao mesmo tempo, não dá para ignorar fatores como oportunidade de trabalho e remuneração.

Uma pesquisa feita neste ano pelo Profuturo (programa de estudos do futuro ligado à faculdade de economia da USP) pode ajudar indecisos a optar por um diploma que será bem-visto na próxima década.

Segundo a coordenadora da pesquisa Carreiras de Futuro, Renata Spers, foram ouvidos 208 especialistas, que listaram seis profissões que estarão em alta até 2020. "O segmentos que apareceram nos resultados são carreiras já existentes no mercado e que, acreditamos, devem se consolidar na próxima década, garantindo bom campo de trabalho e remuneração".

Saiba mais sobre as profissões e áreas apontadas pela pesquisa abaixo:

1 - Engenharia Ambiental

A área se destaca pela crescente preocupação mundial com a preservação do planeta. Mas, nela, não é só o discurso ecológico que vale. A maioria das vagas de trabalho deve surgir para atividades como pesquisa por materiais e processos industriais menos poluentes e transformação e conservação de recursos naturais já existentes.

Como é o curso? Tem duração média de cinco anos. O aluno terá matérias das áreas de exatas, biológicas e sociais. No decorrer do curso, serão tratados conteúdos como tratamento de resíduos, cálculo de emissões de carbono na atmosfera e avaliação de impactos ambientais. É obrigatório fazer estágio.

2 - Relações Internacionais

O segmento é impulsionado pela globalização, que faz com que muitas empresas atuem fora de seus países de origem. Essas companhias buscam profissionais que possam representá-las internacionalmente. Entender e gostar de comunicação é desejável. Ter a disposição de mudar de país e a habilidade de se expressar em outros idiomas são requisitos indispensáveis.

Como é o curso? Tem duração média de quatro anos. O aluno terá matérias com ênfase na comunicação - entre elas, organização de eventos, política de comunicação e planejamento. Aulas de administração, economia e marketing também fazem parte do curso (afinal, trata-se de uma carreira a ser desempenhada dentro de uma empresa).

3 -Lazer e Turismo

A busca por uma vida mais saudável faz com que essa área desponte na pesquisa. O crescimento da população idosa também. Esses dois fatores tornam promissoras as profissões ligadas a áreas como hotelaria, gastronomia, educação física e terapias em geral.

Como é o curso? Como são várias as graduações que compõem a área, podem ter duração média de dois anos (caso da gastronomia) a três anos e meio (se a escolha for hotelaria, por exemplo). Em comum entre eles, estão a valorização de um estilo de vida saudável e a possibilidade de estudar o atendimento a pessoas com necessidades especiais.

4 -Engenharia de Alimentos

Mais uma profissão que se destaca na pesquisa e que possui relação com saúde. Permite trabalhar características da comida e definir etapas básicas de sua produção, como transporte, embalagem e armazenamento. Assim, cria alimentos ideais para consumidores com restrições alimentares ou os torna mais funcionais (adiciona nutrientes à sua composição). As oportunidades de trabalho vão da indústria alimentícia à agricultura.

Como é o curso? Tem duração média de cinco anos. Inclui matérias da área de exatas (como matemática e química) e disciplinas mais específicas, ligadas à produção e conservação alimentícia. Conteúdos de economia e administração também fazem parte do curso. É obrigatório fazer estágio.


5 - Engenharia da Computação

Hoje, inúmeros setores se baseiam em ambientes virtuais. Seja no perfil da rede social, na rede interna de empresas ou até no site do supermercado, esses sistemas são parte do cotidiano de quem usa um PC. A tendência à virtualização exige profissionais habilitados a criar páginas que facilitem a vida dos usuários - e faz com que a graduação seja uma das apontadas na pesquisa

Como é o curso? Tem duração média de cinco anos. Oferece disciplinas como eletrônica e ensino de linguagens de programação para web e elaboração de circuitos elétricos e lógicos. Ao fim do curso, em estágio, o aluno tem a oportunidade de se direcionar para áreas mais específicas, como as ligadas à criação de softwares.

6 - Farmácia e Bioquímica

O aumento da expectativa de vida da população coloca o curso entre as profissões promissoras. Entre as atividades que devem proporcionar oportunidades de trabalho estão o desenvolvimento de medicamentos e a criação de cosméticos. Setores como saúde pessoal, estética e higiene podem ser campos de atuação do profissional.

Como é o curso? Tem duração média de cinco anos. Entre as matérias que exige estão química e anatomia e disciplinas mais específicas, como parasitologia, microbiologia e imunologia. Há disciplinas (como análise e controle de qualidade, química farmacêutica e tecnologia de cosméticos) que são específicas para quem quer se aprofundar em determinadas áreas. É obrigatório fazer estágio.

 

por Caio Terran, do R7