Brasil

26/09/2009 às 10h14

Sucesso "Todo enfiado" é censurado na Bahia

Outdoor com ex-professora é censurado por Procon. A banda pode pagar multa de R$ 50 mil

Redação Portal A8

Quatro outdoors de Feira de Santana (BA) receberam tarjas para tapar a imagem de uma mulher seminua. Nas peças publicitárias, a ex-professora Jaqueline Carvalho aparece divulgando um show da banda O Troco, da qual faz parte depois de ser demitida no final de agosto. Ela foi punida pela escola onde lecionava por fazer uma dança sensual em um vídeo que virou febre na internet.

A Pabu Produções tem até dia 21 para apresentar defesa (Foto:Terra)
Nos outdoors, ela aparece de costas, com a saia levantada. O vocalista do grupo segura parte da calcinha de Jaqueline com uma das mãos, o mesmo gesto registrado no vídeo polêmico. Para o diretor do Procon do município, a propaganda ultrapassou os limites do bom senso. "Ela estava numa posição indecente", diz Magno Felzemburg, que abriu processo contra a casa de shows e a produtora.

As duas empresas, Pabu Produções e Balcão Trezze, terão de pagar multa de R$ 50 mil reais cada. Elas têm dez dias, contando a partir do dia 21, para apresentar suas defesas e recorrer da sentença. De acordo com Felzemburg, não apenas a imagem provocou o processo. A frase usada para chamar o público para o show, realizado na última segunda-feira, também foi considerada inadequada.

A empresa que arma os outdoors foi solicitada para colar peças brancas sobre a foto de Jaqueline. "A peça é considerada prática abusiva e discriminatória em relação à mulher, além de atentar contra o Estatuto da Criança e do Adolescente", disse.

Fonte:Terra