Brasil

23/03/2009 às 09h01

Marcos Valério negocia delação premiada

Redação Portal A8

O Ministério Público Federal e advogados do publicitário Marcos Valério de Souza negociam acordo de delação premiada,trato que permite a redução ou isenção da pena em troca de novas informações, que pode levar a novas provas do mensalão.

A Procuradoria acredita que poderia reunir provas substanciais, ampliando, inclusive, o rol de acusados. Outra hipótese seria recuperar recursos no exterior desviados pelo publicitário.

Como tramita ação penal contra 39 réus do caso, cabe ao relator Joaquim Barbosa decidir sobre a delação premiada, que terá ainda de ser aprovada pelos outros ministros do Supremo.

Valério é acusado de ser o operador de esquema de repasses de ao menos R$ 55 milhões a congressistas, entre 2003 e 2004. É acusado ainda de ter sido o mentor de prática semelhante em 1998, na campanha eleitoral que tentou reeleger o então governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB).

Fonte: Folha OnLine