Brasil

11/03/2009 às 15h47

Câmara desiste de incorporar verba ao salário

Redação Portal A8

Os integrantes da Mesa Diretora da Câmara decidiram hoje, em reunião do colegiado, segundo relato de participantes, suspender a discussão em torno da verba indenizatória neste momento. Alguns parlamentares têm defendido a extinção da ajuda mensal com a incorporação do auxílio ao salário dos parlamentares. Na discussão de hoje, como não foi encontrado consenso sobre o tema, decidiu-se dar o assunto por encerrado, pelo menos por enquanto.

No encontro de hoje, o primeiro-secretário da Câmara, Rafael Guerra (PSDB-MG), apresentou a proposta de aumento do salário dos deputados e extinção da verba indenizatória. A ideia do deputado era equiparar a remuneração à dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o que significa um aumento de R$ 8 mil mensais, passando de R$ 16,5 mil para R$ 24,5 mil. A verba indenizatória, de R$ 15 mil, deixaria de existir.

Fonte: Estadão