Sergipe

19/10/2019 às 08h44

Operação tapa-buraco recebe força-tarefa nos territórios Centro Sul e Sul Sergipano

Agência Sergipe de Notícias

Foto: DER/SE
Atendendo a uma determinação do Governador Belivaldo Chagas, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), tendo o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE) como órgão executor, montou uma força-tarefa da operação tapa-buraco nas rodovias dos municípios de Arauá, Itabaianinha, Tobias Barreto, Umbaúba, nos territórios Centro Sul e Sul Sergipano.

Iniciados na quarta-feira, 17, a força-tarefa conta com sete equipes de profissionais realizando os serviços nessas rodovias, cujo prazo determinado pelo governador Belivaldo Chagas para a sua conclusão é na próxima sexta-feira, 25.

O diretor de Operações do DER, Anderson Nascimento, explica que sete equipes atuam nesta operação. Cinco estão entre Umbaúba e Itabaianinha, uma entre Arauá e a BR-101 e uma entre Arauá e Itabaianinha. 'A medida que essas equipes forem concluindo esses serviços elas vão seguindo para outros trechos, como Tobias Barreto e Itabaianinha, por exemplo", informa.

O gerente do DER responsável pela operação, Tércio Tojal, conta que o clima favorecerá o cumprimento do prazo estipulado pelo governador. "Temos que aproveitar ao máximo o período de estiagem que deve se estender até o início do ano que vem e realizar a operação para melhorar a trafegabilidade dos condutores. Dos cinco municípios onde a força tarefa está sendo executada, o trecho mais crítico é entre os municípios de Umbaúba, Itabaianinha e Tobias Barreto, onde cerca de 60 km estão muito danificados em consequência do tempo de vida útil da rodovia, bem como do aumento do número de veículos pesados que por ela trafegam diariamente. Porém, até o dia 25 finalizaremos estes serviços", explica.
Além da força tarefa nos territórios Centro Sul e Sul Sergipano, durante esta semana, a operação tapa buraco executou serviços em mais oito municípios dos outros seis territórios do Estado.


Fonte: Agência Sergipe de Notícias