Sergipe

27/08/2019 às 19h01

Urnas que serão utilizadas em Riachão do Dantas estão prontas

Ascom/TRE-SE

Na manhã desta terça-feira (27), aconteceu, no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), a cerimônia de carga e lacração das urnas para a Eleição Suplementar de

Foto: Ascom/TRE-SE
Riachão do Dantas, que ocorrerá no próximo domingo (1/09). Foi feita a geração de mídia, configurados os dispositivos que contêm as informações dos cargos e candidatos, bem como a identificação das seções eleitorais. Todas as urnas foram testadas, carregadas e lacradas. Ao todo, serão utilizadas 66 urnas nessa eleição: 55 correspondentes às seções e 11 urnas reservas (contingência).

Na quarta-feira (28), as urnas serão transportadas para a 4ª Zona Eleitoral de Boquim, responsável pela organização do pleito. Em seguida, a Zona Eleitoral levará os equipamentos para Riachão do Dantas, onde acontecerá a Eleição Suplementar para o cargo de prefeito.

A lacração das urnas foi assinada pela comissão, cujo presidente é o juiz Marcos Antônio Garapa de Carvalho, composta também dos servidores Cláudio Gonçalves de Souza, Mônica Martins Avila Prado e Manoel Marcondes Barros da Silva.

O Secretário de Tecnologia da Informação do TRE-SE, José Carvalho Peixoto, esteve presente durante toda a cerimônia e explicou os trâmites dessa eleição. “É o mesmo processo de uma eleição geral, o que difere é o quantitativo de urnas, por ser um município pequeno. Os programas são os mesmos que foram utilizados nas eleições em 2016, porque essa eleição suplementar se refere às eleições de 2016. […] As urnas sairão daqui lacradas e prontas para funcionar somente no dia 1º/09: o dia da eleição”, assegurou o secretário.

Entenda o porquê da nova eleição

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), conforme o acórdão publicado no dia 13 de junho de 2019, confirmou, durante a sessão plenária do dia 17 de junho do corrente ano, a decisão que cassou os mandatos dos representantes do Executivo do município de Riachão do Dantas-SE.

A chapa majoritária, eleita em 2016, formada por Gerana Gomes Costa Silva e por Luciano Goes Paul foi cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em razão de os candidatos, na véspera do pleito, terem divulgado pesquisa sem registro na Justiça Eleitoral (JE). Os mandatos dos novos eleitos terminarão no dia 31 de dezembro de 2020.

Em relação aos locais de votação, ficou definido que serão utilizados, preferencialmente, os mesmos do pleito de 2 de outubro de 2016. O juiz da 4ª Zona Eleitoral (ZE), Eládio Pacheco Magalhães, que possui jurisdição sobre os municípios de Boquim (sede), Arauá e Pedrinhas, é responsável pela organização do pleito de Riachão do Dantas, a ser realizado no dia 1º de setembro (domingo). Em Riachão, são 16.290 eleitores inscritos, que serão distribuídos em 66 seções, nos 22 locais de votação.

O TRE-SE também ressalta que, no dia da eleição, será disponibilizado transporte público para os eleitores a partir das 7h. O transporte continuará após o término da votação, conforme a necessidade.

Os candidatos que disputarão a eleição suplementar: 

NÚMEROPARTIDONOME DO CANDIDATONOME PARA URNA

VICE-PREFEITO

20 PSC Manuela Lisboa Costa Manuela Costa

Vice-prefeito: Maria Josinete Lopes de Almeida

Nome na urna: Netinha

13 PT  Pedro Santos Oliveira  Pedro da Lagoa

Vice-prefeito: Jose Doriedes Santos Ribeiro

Nome para urna: Jose Doriedes

65 PC do B  Simone Andrade Farias Silva  Simone de Dona Raimunda 

Vice-prefeito: Lucivaldo do Carmo Dantas

Nome para urna: Galego da Samba 


Fonte: Ascom/TRE-SE