Sergipe

12/07/2019 às 09h29

Suspeito de matar o próprio filho de 4 meses se mata após ser preso

Redação Portal A8

Foto: Redes Sociais
O homem que matou o filho de 4 meses se matou na manhã desta sexta-feira (12). Segundo a Secretaria de Segurança Pública ele teria se matado ainda na delegacia no município de Itabaiana, onde estava preso desde a noite desta quinta-feira (11), quando a polícia conseguiu prender Douglas Raeli Santos Goes. Ele  era suspeito de matar o próprio filho de quatro meses e estava foragido desde o dia do crime. A prisão foi feita em Aquidabã pela equipe da Delegacia Regional de Itabaiana.

Conforme chegou para a equipe de reportagem da TV Atalaia, o suspeito estava escondido na casa de parentes.

 De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Instituto de Criminalística e o Instituo Médico Legal foram acionados pela Delegacia Regional de Itabaiana para periciar a cela onde o preso Douglas Raeli Santos Góes foi encontrado morto por volta de 9h desta sexta-feira, 12. Segundo nota da SSP, ele tentou escapar da polícia ao pular vários muros, ferindo as duas mãos e a pedido de seu advogado, Douglas foi levado na noite desta quinta-feira (12) para o Hospital Regional de Itabaiana, onde foi feito curativos feitos nas mãos.
Por questão de segurança, Douglas foi posto sozinho em uma cela, já que outros presos queriam linchá-lo. Os policiais tomaram os cuidados de não deixá-lo com roupas mais longas e cinto.Logo depois do café da manhã dos presos, ele foi localizado pendurado pelo pescoço com uma corda improvisada feita com as ataduras.
O caso será investigado pela Delegacia Regional de Itabaiana.
 

Sobre o caso

O bebê de 4 meses, identificado como Samuel Santos Góis, teria sido morto pelo próprio pai, na terça-feira (9), dentro de casa no município de Areia Branca (SE). Ele foi arremessado contra a parede durante a noite. O SAMU registrou o óbito por traumatismo craniano.