Sergipe

30/05/2019 às 14h52

Pai e filho são presos por manter laboratório de drogas no Fernando Color

SSP/SE

Na manhã desta quinta-feira (30), policiais civis do Departamento de Narcóticos (Denarc), em combate ao tráfico de drogas e homicídio no complexo Taiçoca, no município de

Nossa Senhora do Socorro, constataram que no final de linha do conjunto Fernando Collor havia um pescador identificado como Renivaldo de Azevedo, 41 anos, conhecido como "Vadinho", e seu filho - um adolescente de 16 anos - mantinham um mini laboratório de droga, onde eram prensadas maconha e cocaína para serem vendidas a pequenos traficantes. 

"Ele não vende para usuário, no início da manhã de hoje nós desencadeamos a operação e entramos no viveiro da casa que só mora o pai e o filho. No local, encontramos duas prensas, aproximadamente 2 Kg cocaína em pó, certa quantidade de maconha, três coletes balísticos, três balanças de precisão, um revólver calibre 32, uma espingarda de fabricação caseira, algumas balaclavas, munição de ponto 40 e 32 e um caderno com anotações", destacou o delegado Osvaldo Resende. 

O adolescente foi apreendido e o pai flagranteado pelo crime de tráfico de entorpecentes.


Fonte: SSP/SE