Sergipe

15/05/2019 às 08h10

Preso marido suspeito de matar esposa com marretadas

Redação Portal A8

Vitor é o principal suspeito da morte de Ana Paula, ele foi para o enterro da esposa. Foto: Reprodução TV Atalaia
A polícia detalhou na manhã desta quarta-feira (15), a investigação que acabou na prisão do marido de Ana Paula, assassinada no último sábado (11), com marretadas na cabeça.

Vitor Aragão foi preso nesta terça-feira (14), no Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Durante a tarde, ele chegou ao departamento acompanhado de um advogado para prestar depoimento, nesta quarta-feira (15), a delegacia do caso explicou que Vitor cumpre prisão temporária de 30 dias, pois ele é o principal suspeito de ter assassinado Ana Paula Jesus dos Santos, de 26 anos, na madrugada do último sábado (11),  quando estava dormindo.

A primeira versão do caso veio à tona ainda no sábado (11), quando Vitor contou aos familiares que dois homens invadiram a casa onde ele, Ana Paula e o filho moravam, no conjunto Dom Pedro,  zona norte de Aracaju (SE) ele disse que os homens agrediram Ana Paula com marretadas na cabeça e contou ainda que ele também foi agredido com tijoladas.  

O confrontamento da versão contada pelo marido de Ana Paula foi feito a partir do laudo da perícia criminal, em depoimento, Vitor conta que dois homens que entraram em sua casa, estavam dentro do quarto à procura de bens materiais e 2 mil reais guardados, quando neste momento a mulher teria sido atingida por pancadas de marreta, mas segundo a polícia, dentro do quarto não há vestígios de outras pessoas no local.

Outro detalhe importante está relacionado ao colchão onde Ana Paula foi morta. A perícia identificou marcas de chinelo utilizado por Vitor.

Ainda segunda a investigação, no quarto do casal ainda tinha uma segunda cama, a do filho de oito anos, o garoto não estaria dormindo no quarto quando o homicídio aconteceu.

A delegada Luciana Pereira informou que um dos motivos que pode ter provocado a morte da jovem seria o possível fim do relacionamento. Informação que foi negada por Vitor.  Outras pessoas devem ser ouvidas para conclusão do inquérito policial.