Sergipe

17/04/2019 às 11h30

Cadastro dos produtos artesanais e tradicionais deve ser feito até o dia 30

Assessoria

Foto: Assessoria SENAR
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) estão realizando o cadastro de produtores rurais de alimentos artesanais e/ou tradicionais em todos os estados do Brasil. O objetivo é estimular a diversificação e agregação de valor aos produtos elaborados pelos pequenos e médios produtores rurais. O cadastro deve ser realizado até 30 de abril.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe – Faese, Ivan Sobral, explica que o Programa CNA de Alimentos Artesanais e Tradicionais do Brasil surgiu a partir das dificuldades apresentadas pelos produtores quanto à produção e processamento desses produtos. O presidente da Faese destaca a importância dos produtores de Sergipe participarem do cadastro.

“A participação dos produtores do nosso estado é muito importante, pois o programa prevê ações de capacitação, consultoria, melhoria do ambiente tributário e regulatório, aperfeiçoamento da estrutura para comercialização, entre outros benefícios. Para realizar os treinamentos e orientações, precisamos conhecer qual o produto e onde está sendo produzido”, afirma.

Os principais exemplos de produtos tradicionais e artesanais que podem ser cadastrados são: mel, cachaça, queijo, embutido, geleia, doce de leite, doces de compotas, leite, cocada, queijada, carnes, dentre outros. Acesse o link no site da CNA Brasil https://bit.ly/2KeTy8z.


Fonte: Assessoria