Sergipe

10/01/2019 às 10h21

Sargento da polícia militar morre após assalto em Itaporanga D'Ajuda

Redação Portal A8

Na noite desta quarta-feira (09), o sargento Arnaldo Bispo foi vítima de um assalto no município de Itaporanga e acabou morrendo. Este é o primeiro caso de um militar morto em Sergipe registrado neste ano.

O crime aconteceu em uma mercearia no povoado Nova Descoberta no município de Itaporanga e foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento. A imagens mostram que os assaltantes chegaram a pé. Um homem de camisa branca entrou na mercearia e fingiu olhar os produtos como se fosse comprar, dois minutos depois o comparsa também entrou no estabelecimento e também fingiu que estar comprando. Eles levam produtos ao caixa e anunciam o assalto.

A dupla pegou o dinheiro, algumas mercadorias e saíram. Nesse momento que o Policial militar sai do carro. Ele é abordado pelos bandidos, o sargento saca a arma e reage. Eles trocam tiros.

O sargento foi atingido e, mesmo ferido, atirou no assaltante, que baleado, chegou a cair, mas conseguiu fugir. O sargento Arnaldo Bispo caiu no chão e foi levado ao pronto socorro Ivan Paixão em Itaporanga, mas não resistiu.

A polícia suspeita que a mesma dupla tenha feito outros assaltos no mesmo dia na região. O sargento Arnaldo Bispo era casado e deixa quatro filhos.

Investigação

 

O Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) investiga a morte do sargento reformado Ronaldo Bispo Santos, 54 anos, ocorrida nessa quarta-feira, 09, no povoado Nova Descoberta, município de Itaporanga D’Ajuda.

Foto: Divulgação SSP/SE

O delegado-geral interino, Jonathas Evagelista, garantiu total empenho por parte da Polícia Civil para esclarecer o fato o quanto antes. Imagens do circuito interno de TV foram divulgadas e também fotos dos suspeitos envolvidos no crime.

Ainda na quarta, as equipes das Polícias Militar e Civil realizaram várias diligências na região para localizar os assaltantes. Qualquer informação sobre o paradeiro dos infratores, pode ser repassada pelo Disque Denúncia 181. A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe lamentou profundamente o caso e determinou agilidade nas investigações.