Sergipe

31/10/2018 às 09h50

Mãe presa por cegar filhos para obter benefícios previdenciários responde em liberdade

Redação Portal A8

Nesta terça-feira (30), a mulher suspeita de causar enfermidade incurável nos filhos com o objetivo de receber benefícios previdenciários, recebeu alvará de soltura. A Secretaria de Justiça cumpriu a determinação judicial e soltou a mulher, que estava presa no Presídio Feminino, em Nossa Senhora do Socorro, desde o dia da prisão, realizada no dia 29 de agosto de 2018. 

O Portal A8SE conversou com a delegada responsável pelo inquérito, Josefa Valéria Andrade, da DAGV de Itabaiana.  A delegada informou que o inquérito foi concluído e não tem mais informações sobre o caso. Informou ainda que em primeiro momento a guarda das crianças foi passada para a avó, mas posteriormente elas foram encaminhadas ao abrigo. 

Relembre o caso: 

Polícia Civil investigou como os três filhos de V.T. S, de 29 anos, têm a mesma doença incurável mesmo sendo filhos de pais diferentes e não tendo caso parecido na família.

No inquérito policial consta que, imediatamente, após o diagnóstico da doença, a investigada requeria ao INSS o benefício financeiro correspondente e que não há nenhuma receita médica que comprove a origem dos medicamentos usados pelos filhos.

De acordo com a delegada , o caso corre em segredo de justiça e os nomes dos envolvidos bem como a natureza da doença não podem ser divulgados.

“Representamos pela prisão preventiva da investigada porque obtivemos provas de que, mesmo afastada do convívio dos filhos pela Justiça, a mãe mantinha contato com eles diariamente, inclusive orientando como o depoimento na delegacia deveria ser prestado”, disse a delegada.

As vítimas passam por acompanhamento médico, contudo, após inúmeros exames e tratamentos, a origem da doença não foi identificada.