Sergipe

17/10/2018 às 15h32

Aposentada apela para Emsurb devolução de vaca de estimação

Redação Portal A8

Nesta quarta-feira (17), a programação da TV Atalaia contou a história de Josefa Santos, aposentada, 89 anos, que apela para Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb)

a devolução de uma vaca de estimação.

De acordo com a aposentada, a vaca fugiu da propriedade, localizada no Mosqueiro, e foi apreendida pela equipe da Emsurb. O animal foi direcionado para o curral do órgão municipal, onde vem recebendo cuidados veterinários e alimentação.

Contudo, o procedimento que é de praxe da Emsurb – animal solto na via pública é apreendido – causou estranheza. “Eu perguntei ‘quantos dias vocês liberam um animal?’. Aí disseram 15 dias. Então, questionei ‘por quê a vaquinha dela vai para doação?’ Ela pegou o dinheiro emprestado, no valor de R$ 180 para recuperar, mas não conseguiu”, relatou o amigo André Camelô no programa Balanço Geral Tarde.

Ainda no programa, Raquel Daniele, neta da aposentada acrescentou ainda que a avó vende o leite da vaca para ter uma renda extra. “A gente foi lá na Emsurb para imprimir o boleto e pagar para assim retirar a vaca. Mas, quando a gente chega lá, informaram que seria leiloada. Falaram ainda que daqui para quinta-feira a gente voltasse para saber da vaca”, contou.

Posição da Emsurb

Sobre a situação, Luiz Roberto Dantas, presidente da Emsurb, justificou a medida baseado em lei. “O Centro de Apreensão atua firmemente nesses casos. Essas pessoas já foram devidamente notificadas esse ano por conta de animais soltos na região do Mosqueiro. Fizemos a primeira apreensão e agora novamente o animal foi recolhido. Isso é uma prerrogativa do município e não vamos abrir mão de recolher esses animais até porque pode causar um sério acidente com pessoas que circulam de automóvel na região. Como é reincidente, o animal não é devolvido e vai para doação”, detalhou.

Confira a matéria completa no Balanço Geral Tarde: