Sergipe

11/10/2018 às 15h03

Intolerância religiosa: terreiro de babalorixá é incendiado na Soledade

Redação Portal A8

Após a morte do garoto de oito anos sequestrado nesta quarta-feira (10) e morto, alguns moradores do bairro Soledade se revoltaram com a situação e atearam fogo na casa e

Foto: Leonardo Barreto/TV Atalaia
no terreiro do babalorixá da região. A intolerância religiosa foi provocada por pessoas acreditarem que ele seria o responsável de ter feito magia negra para provocar a morte da criança.

No programa Tolerância Zero desta quarta-feira, o babalorixá se defendeu afirmando não ter envolvimento nenhum com o caso. Inclusive, destacando a intolerância religiosa que sofreu. Além da casa e do terreiro, objetos pessoais foram danificados assim como parte do estabelecimento comercial dele, onde funcionava um salão de beleza.

Vale registrar que a intolerância religiosa é um conjunto de ideologias e atitudes ofensivas a crenças e práticas religiosas ou mesmo a quem não segue uma religião. É um crime de ódio que fere a liberdade e a dignidade humana.

Confira matéria no Tolerância Zero: