Sergipe

03/10/2018 às 10h22

Polícia Civil indicia homem por feminicídio em Simão Dias

Com informações da SSP/SE

O acusado está foragido e qualquer pista sobre o seu paradeiro deve ser passada pelo telefone 181

Foto: SSP/SE
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Simão Dias, concluiu na segunda-feira, 1º, o Inquérito Policial sobre a morte de Helena Alves dos Santos, ocorrida no dia 20 de setembro, na zona rural do município de Simão Dias. Ao final das investigações, ficou constatado que a mulher foi vítima de feminicídio e o autor do crime é o seu ex-companheiro, Givanildo dos Santos Bernardo.

Durante as averiguações, testemunhas, inclusive familiares, foram ouvidas e confirmaram que o infrator matou Helena com golpes de faca. O delegado Clever Farias, que presidiu o Inquérito, encerrou o Inquérito em apenas 12 dias, se antecipando ao prazo, que é de 30 dias. Ao final, Givanildo foi indiciado pelo crime de feminicídio e o caso enviado à Justiça.

Segundo informações policiais, o acusado foi visto pela última vez no dia seguinte ao assassinato, na cidade de Pinhão. Na oportunidade, ele foi perseguido pela Polícia Militar, mas acabou fugindo. Desde então, a polícia não tem pistas do seu paradeiro e pede à população que, caso saiba da localização de Givanildo, denuncie pelo telefone 181.

Relembre o crime

Na manhã do dia 20 de setembro, por volta das 7h, uma mulher foi morta com golpes de faca efetuados pelo ex-companheiro no município de Simão Dias.

Segundo informações do comandante do Batalhão de Polícia Militar do município, o Capitão Alzot Rodrigues, a vítima foi identificada como Helena Alves Santos, de 23 anos, ela teria saído de casa há dois dias e retornou para pegar alguns pertences, quando o casal começou a discutir e o ex-companheiro deferiu golpes de faca no corpo dela.

 O casal tem dois filhos, um de 4 e outro de 6 anos e teriam presenciado a discussão e posterior assassinato da mãe. Ao ser atingida ela correu para fora de casa, onde caiu e acabou morrendo


Fonte: Com informações da SSP/SE