Sergipe

01/10/2018 às 15h54

AMO realiza abertura oficial do Outubro Rosa em Sergipe

Ascom/AMO

A Associação dos Amigos da Oncologia (AMO) realiza, a partir das 17h30, desta segunda-feira (1º) a Abertura Oficial do Outubro Rosa em Sergipe com a participação mais que especial de mulheres vitoriosas, sobreviventes e pacientes com câncer de mama, contando para isso com o envolvimento solidário de voluntários, colaboradores e parceiros.

Como uma marca do evento, a iluminação rosa da sede institucional deve ocorrer precisamente, às 18h, com o início da noite. Antes disso, mulheres com câncer de mama, do projeto "AMO Dançar", farão uma linda e mágica apresentação de dança cigana. O evento contará também com a participação da Banda da Polícia Militar do Estado de Sergipe e com o show eletrizante do cantor sergipano Luiz Arnaldo.

Programação geral

- Abertura Oficial - 1º de outubro, a partir das 17h30, na sede da AMO

- IV Concerto Outubro Rosa de Sergipe - 4 de outubro, às 20h30, no Teatro Atheneu com a Orquestra Sinfônica de Sergipe

- Caminhada das Vitoriosas - 10 de outubro, às 8h, em apoio às mulheres com câncer de mama - concentração e saída na sede da AMO em direção ao centro comercial de Aracaju

- 4ª Corrida Outubro Rosa de Sergipe, 27 de outubro, às 16h, a Orla da Atalaia - inscrições na sede da AMO ou pelo site www.centraldacorrida.com.br/outubrorosa

Movimento de Luta

Filiada e representante da Federação Brasileira de Instituições Sociais de Apoio à Saúde da Mama - Femama, a Associação é pioneira do movimento Outubro Rosa em Sergipe e realiza todos os anos ações de prevenção e de conscientização para populações de risco e, também, promove eventos (políticos, culturais e esportivos) para sensibilizar e mobilizar a sociedade sergipana sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e o enfrentamento da doença.

Sobre AMO

A AMO é uma organização social, sem fins lucrativos, com quase 22 anos de atuação, cuja missão é prestar assistência social em oncologia a pessoas com câncer em situação de vulnerabilidade social, sem restrição a idade ou ao tipo de câncer. Nessas mais de duas décadas, a organização já acolheu 4.326 pacientes com câncer e beneficiou indiretamente 21.630 pessoas, ao longo dos últimos dez anos.

Atualmente, a Associação acolhe 2.451 pessoas com câncer da capital e do interior de Sergipe e de algumas cidades do interior da Bahia, de Alagoas e Pernambuco. Desse total, 1.721 são mulheres, sendo 880 pacientes com câncer de mama, em diferentes fases do enfrentamento (recém diagnosticada, em tratamento de quimioterapia, radioterapia ou cirurgia ou em controle da doença), o que corresponde a mais de 50% dos casos de câncer entre as mulheres beneficiadas pela instituição.


Fonte: Ascom/AMO