Sergipe

25/09/2018 às 17h04

NAT/Seidh inicia programação comemorativa da Semana da Pessoa com Deficiência

Ascom/Seidh

A Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh), por meio do Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT), deu início, nesta terça-feira (25), à Semana da Pessoa com Deficiência, a

Foto: Ascom/Seidh
partir da temática “Multiplicando Ações Inclusivas”. Na abertura do evento, se apresentou o Coral Terceira Visão, composto pelos membros da Associação dos Deficientes Visuais de Sergipe (Adevise). A programação contou, ainda, com a oficina de qualificação profissional sobre Atendimento ao Cliente e uma palestra especial sobre Educação e Previdência.

 

Após a apresentação de músicas populares, o regente do Coral Terceira Visão, Evanilson Vieira da Silva, elogiou a iniciativa da Seidh e do NAT de promover ações voltadas aos PCDs com foco no mercado de trabalho. De acordo com ele, a música tem promovido a mudança na vida dos 16 integrantes do Coral, há 16 anos. “Nós fazemos tudo com esmero, ensaiamos as músicas, alguns ainda ficam nervosos antes de apresentar, mas logo ficam felizes e agradecidas pelo canto. Porque a música é um instrumento de inclusão, de harmonização e interação entre as pessoas”, disse o maestro Evanilson.

 

A técnica do setor de Pessoa com Deficiência do NAT, Alexandra Carvalho, explicou que a Semana da Pessoa com Deficiência tem o intuito de trazer à tona a realidade dessas pessoas e discutir os desafios para sua inserção no mercado de trabalho. “Temos exigências desse mercado e, para atendê-las, promovemos momentos de qualificação profissional. No entanto, ainda há muita resistência e preconceito que devem ser quebrados para efetivar a inclusão dos PCDs”, apontou.

 

Segundo a coordenadora Estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, ações como essa colaboram com a superação dessas dificuldades. “Sabemos que o trabalho é a forma mais efetiva de inclusão social. E o nosso trabalho vai além do encaminhamento das PCDs para seleções. Considerando os perfis procurados pelas empresas, oferecemos qualificação profissional continuamente, por meio das oficinas e palestras com temáticas relevantes e de interesse do nosso público”, afirmou.

 

Tiago Silva tem 33 anos e atualmente está desempregado. Ele participou da oficina de qualificação profissional, após acompanhar a apresentação e a palestra. “Eu já trabalhei atendendo clientes e vim em busca oficina para aprender mais e aumentar as chances de conseguir um novo emprego. Quando cheguei aqui, ouvi o coral e achei muito bonito e emocionante”, afirmou.

 

Representando o Programa de educação previdenciária da gerência executiva do INSS em Aracaju, o palestrante Márcio Cardoso Lima falou sobre os direitos e deveres dos PCDs acerca da previdência social e os benefícios oferecidos a este público. “Ter a oportunidade de falar sobre isso é de suma importância, não só para as pessoas com deficiência, como também a sociedade em geral, para conhecer os benefícios e saber como ter acesso a eles”, comentou.


Fonte: Ascom/Seidh