Sergipe

17/09/2018 às 06h58

Justiça nega pedido de habeas corpus ao radialista preso suspeito de coação de testemunha e estupro

Redação Portal A8

O pedido de Habeas Corpus feito pela defesa do radialista George Magalhães foi negado pela Justiça de Sergipe no último sábado (16).  

O radialista George Magalhães foi preso pela Polícia Civil de Sergipe na última quinta-feira (16), por meio do Departamento de Grupos Vulneráveis (DAGV), na residência do radialista, na região da Orla da Atalaia.

Um boletim de ocorrência foi feito contra o radialista em agosto deste ano, feito por uma mulher de 42 anos, que trabalhava no mesmo condomínio onde o radialista morava, a denúncia é de violência e suspeita de estupro. 

Durante coletiva de imprensa a delegada responsável explicou detalhes sobre a denúncia de estupro. Ele teria coagido uma das testemunhas e isso chamou a atenção dos investigadores.