Sergipe

10/09/2018 às 07h40

Jovem envolvido em colisão com viatura do SAMU passa por cirurgia no fêmur

Redação Portal A8

Foto: Redes Sociais
Um dos jovens envolvidos na colisão com uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, (SAMU) passou por cirurgia no fêmur e permanece internado no Hospital de Urgência de Sergipe. Segundo informações do HUSE, o jovem de 19 anos, que foi a vítima mais grave do acidente, se encontra na sala de Recuperação Pós-Anestesica, aguardando vaga em UTI, após ter sido submetido a correção cirúrgica da fratura de fêmur.

No momento ele se encontra estável, traqueostomizado e em ventilação mecânica A tomografia de crânio foi normal na admissão mas será repetida em 24 horas.

O acidente

O acidente foi registrado na avenida Augusto Franco, mais conhecida com Rio de Janeiro, no cruzamento com a avenida Nestor Sampaio, no bairro Ponto Novo, em Aracaju, por volta das 6h deste domingo (09). Segundo informações do capitão Silveira, da CPTran, o condutor do veículo modelo Siena, teria avançado o sinal e acabou colidindo de forma brutal na viatura do SAMU. OS dois veículos chegaram a capotar na avenida. 

Duas Unidades de Suporte Avançado (USA), duas Unidades de Suporte Básico (USB) e duas motolâncias foram encaminhadas ao local. 

B.S.P. - Estagiária do SAMU, 23 anos, sexo feminino, encontrava-se consciente e com lombalgia. Encaminhada para o HUSE.

G.M.C.S. - Estagiário do SAMU, 21 anos, sexo masculino, encontrava-se consciente, com dor torácica e ferimento corto-contuso em supercílio direito. Encaminhado para o HUSE.

G.O.R. - Condutor do SAMU, 51 anos, sexo masculino, encontrava-se consciente e com dor torácica. Encaminhado para o HUSE.

G.O.S. - Técnico de Enfermagem do SAMU, 42 anos, encontrava-se consciente e assintomático.
Encaminhado para o HUSE.

I.M.S.S. - Passageiro do carro, 19 anos, encontrava-se consciente e com dor torácica e abdominal.
Encaminhado para o HUSE.

1 vítima vermelha - J.V.S.O. - Condutor do carro, 19 anos, encontrava-se inconsciente com trauma crânio-encefálico grave e fratura exposta de fêmur. Encaminhado para o HUSE.