Sergipe

05/09/2018 às 10h38

Polícia identifica mãe que teria jogado bebê recém-nascido vivo na lata do lixo em Estância

Redação Portal A8

A mãe que jogou o filho recém-nascido na lata do lixo próximo ao Hospital Jessé Andrade Fontes no município de Estância foi identificada. Segundo a delegada Gisele Martins da Delegacia Especial de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DEAGV), a mãe se trata de uma adolescente de 16 anos, que a princípio negou ser a mãe do bebê.

Segundo a delegada, após o cruzamento das imagens de diversas locais, a equipe conseguiu localizar a mãe desse bebê. Para se certificar se ela seria a mãe, a delegada pediu que ela fizesse o exame de sangue, que indicou o beta HCG positivo.

Ao ser indagada pela delegada, a adolescente não teve como continuar mentindo e contou como tudo aconteceu no depoimento.

“Ela estava em casa por volta das 17h, quando sentiu fortes dores, ao chegar no hospital, ela foi direto para o banheiro, e alega, que teve uma diarreia forte e o bebe nasceu em seguida, ela pegou o bebê e o colocou no lixo, alegando pensar que o bebê estivesse morto.”, relatou a delegada.

A adolescente teria chegado no hospital por volta das 18h20 e o bebê só foi encontrado por uma servidora por volta das 19h. Ainda segundo a delegada Gisele Martins, a jovem relatou tudo com muita frieza.

O abandono

O bebê recém-nascido foi encontrado no latão de lixo na rua do Hospital Jessé de Andrade Fontes, do município de Estância, neste sábado (1º). Segundo informações de funcionários do hospital, uma mulher teria entrado em trabalho de parto dentro do banheiro da unidade de saúde e em seguida teria deixado o bebê no lixo.

Um servidor da unidade encontrou o bebê com vida, em seguida ele foi encaminhado para a Maternidade Amparo de Maria, onde foi atendido. Ainda segundo informações dos servidores, o bebê foi batizado de Samuel.