Sergipe

28/08/2018 às 16h48

Desfile Cívico de Aracaju acontece neste domingo, 2

Ascom/Semed

Uma aula pública sobre a capital sergipana, suas histórias, personagens notáveis e bairros significativos. Assim será o tradicional desfile cívico da rua

Foto: Walter Martins
Bahia, que acontece no próximo domingo (2). O evento, que é promovido pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Educação (Semed), retorna em 2018 com o tema “Aracaju: minha cidade faz a história”. Alunos de escolas municipais e particulares, além de instituições civis e militares, participarão da celebração à Independência do Brasil.

A partir das 8h, os participantes percorrerão os cerca de 750 metros de percurso, desde o cruzamento da rua Bahia com a rua Porto Alegre, até o cruzamento com a rua Carlos Correia. Mais de 2.300 alunos de 20 escolas municipais, junto a outros 360 estudantes de duas escolas particulares, se dividirão na avenida entre bandas marciais, alegorias e pelotões fardados. O objetivo é contar para a população a história de Aracaju, desde a sua fundação até o surgimento dos principais bairros e conjuntos habitacionais, destacando a importância da participação dos cidadãos na construção de um futuro melhor.

“Não só os alunos, mas também a comunidade do Siqueira Campos está muito animada com a volta do desfile, sobretudo, pela temática, que conta a história de Aracaju, saudando a sua cultura, seus pontos históricos e turísticos. E essa animação também se estende a grande parte da população que todos os anos prestigia o desfile”, afirma a secretária-adjunta da Educação e presidente da comissão do desfile cívico, professora Maria Antônia de Arimateia. 

Além da música executada pelas bandas marciais das escolas e das instituições convidadas, as histórias também serão contadas através de outras produções artísticas. Desde julho, a equipe da Coordenadoria de Arte e Educação (Coarte/Semed) montou uma verdadeira oficina, onde produz todo o material visual que será utilizado durante o desfile. Cajueiros, papagaios, casinhas coloridas e igrejas, tudo utilizando papelão, tintas, pinceis e muita criatividade, baseado na sustentabilidade.

Participações

Além das escolas municipais e particulares, confirmaram presença no desfile cívico a Marinha, o Exército, a Aeronáutica, os Bandeirantes e os Desbravadores (grupos de escotismo). Além de atuar como parceiros na logística e segurança do evento, grupamentos da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), da Polícia e do Corpo Militar de Bombeiros de Sergipe também desfilarão.

Limpeza e segurança

A Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) está mobilizada para o antes e depois do desfile. Nos dias que antecedem o evento, 100 agentes de limpeza já trabalham na rua Bahia e suas imediações, fazendo serviços como pintura de guias, varrição e retirada de resíduos. Os agentes também começarão a atuar na limpeza logo após o término do evento.

Na segurança, este ano haverá uma novidade: a GMA levará o ônibus de videomonitoramento, que foi usado no Forró Caju 2018, para dar suporte ao trabalho no local. O veículo conta com nove monitores para acompanhamento dos eventos, três mesas de controle, seis câmeras (on board) e mais uma câmera externa (com visualização de 360°), que alcançam quilômetros.

 


Fonte: Ascom/Semed