Sergipe

20/08/2018 às 17h05

Operação combate tráfico de drogas na capital

SSP/SE

Durante operação deflagrada na madrugada desta segunda-feira (20) militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) realizaram apreensões após

SSP/SE
confronto com homens armados nos bairros Cidade Nova, Santa Maria e Jardim Centenário.

Com os acusados foram apreendidas cinco armas de fogo, sendo duas escopetas calibre 12 e 3 revólveres calibre 38, com 32 munições (13 de calibre 38 e 19 de calibre 12), quatro quilos de maconha, uma pedra grande de crack, 61 pinos de cocaína, 2 balanças de precisão e a quantia de R$ 491,00.

Em uma operação visando combater o tráfico de drogas, o Batalhão de Radiopatrulha distribuiu equipes em localidades com a maior incidência de crimes. Durante as ações de radiopatrulhamento pelo Bairro Cidade Nova foram recebidos a tiros por vários suspeitos, que correram e se esconderam em uma área de mata. Os policiais reagiram e, durante o confronto, três dos suspeitos foram atingidos e socorridos no local, mas morreram no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Os suspeitos atingidos foram identificados como Diego Machado dos Santos, Daniel Machado dos Santos e Maicon. Segundo a PM, já havia contra eles processos relacionados ao tráfico de drogas e homicídio.

No Bairro Santa Maria, quatro indivíduos também atiraram na direção de policiais após receberem uma ordem de parada para que fosse realizada uma abordagem. A equipe do BPRp então reagiu e Luis Fernando Cristóvão da Silva, que estava com um revólver calibre 38 com seis munições, sendo cinco deflagradas, foi atingido para neutralizar a ação criminosa. Contra ele existem processos judiciais relativos ao tráfico de drogas.

No Jardim Centenário, um suspeito identificado como Gildasio de Jesus Andrade ostentava um revólver calibre 38 em via pública. Com a aproximação das radiopatrulhas, efetuou três disparos contra a viatura policial. Os militares reagiram à injusta agressão e Gildasio foi atingido. Ele respondia a diversos processos tendo entre eles homicídio e roubo.


Fonte: SSP/SE