Sergipe

17/08/2018 às 14h50

Prefeitura de Socorro apresenta proposta da LOA 2019 à população

Secom/Nossa Senhora do Socorro

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro realizou nesta sexta-feira (17) uma audiência pública para a apresentar e discutir a Lei Orçamentária Anual

Foto: Wallison Oliveira
(LOA) 2019 junto com a população. O evento ocorreu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no conjunto Marcos Freire I, e reuniu, dentre autoridades, representantes de sindicatos e cidadãos que puderam conhecer a real situação do município.

“Sou grande incentivador da participação popular e vejo como fundamental a importância da participação da população nessa audiência, onde nós vamos elencar as principais prioridades de cada comunidade, seja uma obra, construções de escola, posto de saúde ou melhorias no transporte coletivo”, disse o representante da Associação de Desenvolvimento Comunitário do conjunto Albano Franco e Adjacências (ADECCAFA), Roberto Messias. 

Na oportunidade, foram discutidos a pretensão de arrecadação do município, quais direcionamentos e investimentos da Prefeitura para o ano de 2019. “A Lei Orçamentária rege todo o gasto do município e a partir da elaboração dessa peça é que nós iremos definir o que é prioridade e quais ações serão adotadas e sempre, como é marca da gestão de Padre Inaldo, tratar a coisa pública com lisura e atender, principalmente, aqueles que mais necessitam”, esclareceu o secretário de planejamento, Halisson Sousa.   

Ainda de acordo com o secretário, as proposituras serão encaminhadas à Câmara de Vereadores e votadas até o final do ano. “Nós apresentaremos o proposta da Lei Orçamentária, por determinação legal, para apresentar essa lei para a comunidade, que posteriormente será encaminhada para a Câmara e deve ser votada até o final do ano. A participação da população é importante para que eles possam interferir não apenas no processo de elaboração, mas de tramitação junto ao poder legislativo”, acrescentou. 

Representado o poder legislativo do município, o vereador Aldon Oliveira, falou sobre a papel da Câmara. “Atendendo o princípio da publicidade essa gestão está inovando ao trazer essas audiências para melhor explicar a população como será usado os recursos do município e a nossa participação também é importante porque uma das nossas funções é fiscalizar as ações do executivo. Portanto, estamos aqui para apoiar, participar e opinar na elaboração e execução da lei orçamentária”, disse o vereador. 

Já para a secretária da Fazenda, Iraci Lima, a audiência pública é “Nada mais do que a exigência das leis para que a gente tenha todo o público participando dos nossos projetos e nos dar conhecimento das reais necessidades, de fato, de toda a localidade. Não há administração sem planejamento, por isso estamos trabalhando para aumentar a receita e arrecadar recursos para o município”, destaca.     


Fonte: Secom/Nossa Senhora do Socorro