Sergipe

25/06/2018 às 16h03

SES distribui mais de 7 mil preservativos e conscientiza forrozeiros do Arraiá do Povo

SES

Quem circula pelo Arraiá do Povo, na Orla de Atalaia, logo vê os stands com os serviços do Governo do Estado e é envolvido pelo acolhimento caloroso de Almir Santana,

médico sanitarista e gerente do Programa IST/AIDS da Secretaria de Estado da Saúde (SES) que, com o apoio de sua equipe técnica, tem estimulado os forrozeiros a se prevenirem contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), bem como nas orientações sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. No stand, são distribuídos preservativos masculinos, femininos, gel lubrificante, além de folhetos informativos sobre as ISTs. Até o último domingo, 24, mais de 7 mil preservativos haviam sido distribuídos no evento. 

Para o gerente do Programa IST/AIDS, Almir Santana, a receptividade dos sergipanos e turistas tem demonstrado a importância do trabalho de conscientização. “Estamos lançando, também, um folheto que trás informações bem didáticas sobre sífilis, hepatite, HPV e Aids. Quando eu vejo uma gestante, por exemplo, eu me aproximo e também converso com ela sobre a importância do pré-natal.  Aqui é uma festa familiar e tem sido muito importante esse nosso diálogo com as famílias, jovens e casais. Eles se aproximam, tiram dúvidas, fazemos demonstrações, levam preservativos e esse é um momento de troca importante”, explica. 

Telma Nascimento é de Salvador e ela defende que a abordagem das infecções sexualmente transmissíveis não deve ser vista como um tema tabu. “O stand me chamou muita atenção, sobretudo, pela alegria nas abordagens, foi por isso que chamei meu marido e o meu sobrinho para nos aproximarmos. Estamos em um momento de festa, mas também de alerta para cuidados importantes. Estou com meu sobrinho adolescente e acho uma excelente oportunidade para ele poder ouvir de um profissional sobre os cuidados que se deve ter em seu futuro e até para que ele mesmo seja disseminador das informações entre os amigos”, comenta. 

Simone Correia é aracajuana e conhece o trabalho de Almir Santana como referência técnica no Estado no trabalho preventivo às IST’s. “Informação é para qualquer idade e qualquer ambiente. A sociedade está passando por várias transformações e, como consequência, as preocupações aumentam. No stand, aprendi sobre como utilizar a camisinha feminina e é muito simples, eu achava que era bem complicado até tentar. Vou aproveitar que já sei e farei a demonstração para a minha filha, que tem 20 anos”, revela. 

Unidade Móvel 

Na próxima quinta- feira, 28, a unidade móvel do programa IST/Aids “ Fique sabendo” levará testes de HIV e Sífilis ao Arraiá do Povo. No último dia 21, Almir Santana viabilizou 57 exames,  com um resultado positivo para sífilis. 

“Damos todas as orientações necessárias de forma delicada e acolhedora. Se for detectado positivo os testes, a pessoa é encaminhada para tratamento na unidade de saúde da região onde mora. Se for de Sergipe, ela é encaminhada para o Cemar; se for turista, a gente encaminha para o serviço de referência de HIV do Estado de onde mora e faz o acompanhamento”, explica Almir.

 


Fonte: SES