Sergipe

15/06/2018 às 11h03

Polícia Rodoviária Federal detém caminhoneiro sob efeito de “rebite” na BR 101

PRF/SE

 

Policiais Rodoviários Federais detiveram na manhã desta quinta-feira (14), um caminhoneiro sob efeito de “rebite”. A ação ocorreu no Km 105 da BR 101, no município de São Cristóvão/SE.

Os agentes federais foram informados de que uma carreta M.Benz/Axor 2035, com placas de São Paulo, realizava manobras perigosas pela rodovia e havia colidido com outro veículo de carga, mas continuou a viagem. Os policiais avistaram o veículo, solicitaram a parada e ao abordarem o condutor, perceberam que ele estava com visível alteração de seu estado mental. Ao realizarem inspeção detalhada na cabine, os agentes encontraram 60 comprimidos do medicamento Nobésio (anfetamina), utilizado muitas vezes como estimulante do sistema nervoso central. O caminhoneiro, de 33 anos, informou à equipe PRF que tomou seis comprimidos do medicamento na noite anterior.

A carreta ficou retida até que um condutor devidamente habilitado comparecesse ao local e o motorista infrator foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Rebite: Com objetivo de dirigir várias horas seguidas, sem descanso, para cumprir prazos predeterminados ou até faturar um extra no final de cada viagem, alguns motoristas de caminhão optam em utilizar o rebite. A substância, chamada de anfetamina, é um estimulante do sistema nervoso central e faz com que o cérebro trabalhe mais depressa e cause nas pessoas a impressão de diminuição da fadiga – já que consegue executar uma atividade qualquer por mais tempo- de menos sono, perda de apetite e de aumento da capacidade física e mental.

 


Fonte: PRF/SE