Sergipe

21/05/2018 às 10h38

Sindicato dos rodoviários decidiu não entrar com ação judicial contra meia passagem

Redação Portal A8

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sinttra) decidiu na manhã desta segunda-feira (21) durante reunião com a assessoria jurídica que não vai  entrar com uma ação judicial contra o projeto de lei da Câmara de Vereadores de Aracaju que regulariza a meia passagem aos domingos e feriados. O presidente do Sinttra, Miguel Belarmino esteve reunido com toda a diretoria e a assessoria jurídica, já que houve a possibilidade do órgão entrar com ação contra o projeto. 

Segundo o secretário geral do Sinttra, Valtenes Porto,  a possibilidade surgiu porque o sindicato acredita que a meia passagem deve ocasionar mais desemprego devido aos altos custos que serão arcados pelas empresas responsáveis por oferecer o serviço de transporte coletivo.“Estamos com uma situação não muito boa com empresas atrasando os salários de seus funcionários. Acreditamos que a meia-passagem vai fazer com que o número de demissões aumente ainda mais porque ninguém vai arcar com essa diferença do valor da tarifa”, disse.

Mas, essa decisão foi alterada após a reunião da diretoria com a assessoria jurídica, quando avaliariam melhor o projeto que diz que seria somente os pagamentos da passagem em espécie, que seriam metade. Ainda segundo o secretário geral, o sindicato vai avaliar os resultados a partir da implementação do projeto, que já começa neste domingo (27), para ver se mais passageiros vão aderir ao transporte público. No momento, não há a necessidade de entrar com a ação judicial, por parte do Sinttra.