Sergipe

25/04/2018 às 14h17

Subvenções: Augusto Bezerra e Paulinho das Varzinhas são condenados a 12 anos de prisão

Redação Portal A8

Foto: Arquivo Alese

Na manhã desta quarta-feira (25), foi retomado o julgamento do desvio de verbas de subvenções da Assembleia Legislativa, após o pedido de vista do desembargador Alberto Romeu Goveia no dia 11 de abril deste ano.

Por maioria, os desembargadores votaram pela condenação em regime fechado dos deputados estaduais Augusto Bezerra (DEM) e Paulinho da Varzinhas (PSC), ambos condenados a 12 anos, sete meses e um dia de prisão, além do pagamento de multa.

O empresário Nollet Feitosa  também foi condenado com a pena de 18 anos e 2 meses de prisão. Mas terá a pena reduzida à metade por causa da delação premiada, com isso cumprirá nove anos e um mês em regime fechado e a pagamento de multa.

Segundo o desembargador Alberto Romeu a decisão deve ser cumprida imediatamente. Os demais réus citados no processo foram condenados a regime semiaberto.

A defesa dos deputados e do empresário Nollet Feitosa informou que vai recorrer da decisão. A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

 

Entenda o caso das Verbas de Subvenções:

As verbas de subvenções eram recursos indicados pelos deputados para distribuição entre entidades e instituições filantrópicas, e segundo o Ministério Público, o recurso não foi usado da forma correta. Essa situação levou a Procuradoria Geral de Justiça a ajuizar ações contra os deputados que, segundo a denúncia, usaram o dinheiro para se beneficiar nas eleições.