Sergipe

25/04/2018 às 10h25

Dois homens suspeitos de latrocínio a empresário são presos

SSP/SE

Foto: SSP/SE
O Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) apresentou prisões e resultado de investigação do latrocínio que vitimou o empresário Rafael Silva e Souza, da empresa de fardamentos Falcon. Na manhã de terça-feira, 24, foram detidos por mandado de prisão preventiva Lucas dos Santos, 18 anos, e Alexandre Silva Santos Filho, conhecido como Lobinho, 22 anos, ambos ex-presidiários com passagens por tráfico e roubo, apontados como responsáveis pela morte do jovem.

Segundo as investigações, que contaram com o apoio da Dipol, Rafael saía da casa de amigos, no Pau Ferro, na madrugada do dia 02 de dezembro de 2017, dirigindo seu automóvel Golf, quando dois homens apareceram em frente ao carro apontando-lhe uma arma. Ao tentar desviar, a vítima foi alvejada e faleceu já na Avenida Visconde de Maracaju, quando colidiu na contenção da calçada enquanto buscava socorro ao lado de um amigo que estava no banco do passageiro.

Como nada foi subtraído, a equipe da Depatri conseguiu chegar à autoria delitiva apurando outros roubos ocorridos na mesma área em períodos próximos. Interrogados, eles não só confessaram a autoria desse crime como também um roubo de moto feito naquela mesma noite, ocasião em que também tentaram alvejar a vítima. Eles serão encaminhados ao sistema prisional onde permanecerão à disposição da Justiça.


Fonte: SSP/SE